Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Startups investem em smartwatches para idosos

Os relógios enviam lembretes de remédios, rastreiam atividades do usuário e até dão indicações de como voltar para casa

Por Da Redação
26 jun 2015, 18h04

Os smartwatches (relógios inteligentes, em inglês) estão por todos os lados e são a nova aposta da indústria de gadgets – principalmente após a Apple lançar o seu modelo. Agora, se tornaram foco até de startups que desenvolvem produtos voltados a pessoas com mais de 65 anos.

Na versão para a terceira idade, o acessório, discreto e eficiente, é pensado para executar funções que auxiliem na vida idosa, como realizar chamadas em casos de emergência, soar alertas de medicamentos, e ajudar a chegar em casa, quando o indivíduo estiver perdido.

Para as empresas americanas Unaliwear e Lively, duas startups, o relógio é uma maneira sutil de pedir ajuda quando não se tem ninguém por perto. O dispositivo foi escolhido por ser mais usado por pessoas mais velhas, diferentemente de outros gadgets já produzidos, a exemplo de smartphones e tablets.

Leia também:

Os gadgets inteligentes não tão inteligentes assim

Startups de educação lideram programa de incentivo do governo federal

Parecido com um Apple Watch (tela simples, quadrada e letras grandes), ele é vendido junto com quatro sensores para serem colocados em caixas de remédios. Caso o usuário se esqueça de tomar uma pílula, o sensor transmite um sinal para o gadget, que envia uma mensagem ao usuário para lembrá-lo da medicação. Caso o sensor capte um movimento da caixa de remédios, o sinal será enviado para avisar que o remédio já foi tomado.

Continua após a publicidade

Outra facilidade do relógio, especificamente no caso do modelo da Unaliwear, é mandar mensagens com pedidos de ajuda ao apertar um botão.

Muitas dessas facilidades também estão disponíveis em smartphones comuns, mas os relógios teriam a função específica de “ficar de olho” nos mais velhos (e, segundo as startups, são mais fáceis de serem usados por esse público).

(Da redação)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.