Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Guardiola mostrava jogos do Brasil como exemplo – do que não fazer

Revelação foi feita pelo lateral Rafinha, do Bayern de Munique, que trabalhou por três anos com o treinador espanhol

O técnico Pep Guardiola já fez alguns elogios ao futebol brasileiro, especialmente à seleção de 1982, mas na intimidade do vestiário costuma usar alguns jogos do Brasileirão como exemplo do que não fazer. A revelação foi feita pelo lateral Rafinha, do Bayern de Munique, que trabalhou três anos com o treinador espanhol no clube bávaro.

Nos tempos de Alemanha, o técnico do Manchester City reclamava especialmente da troca de passes entre defensores, que considerava inúteis.

“O Pep cansou de mostrar em preleção vídeos de jogos do Brasil. Ele pegava uma jogada que a bola saía do lateral-direito para chegar no lateral-esquerdo. A bola começava na direita, ia para um zagueiro, depois para outro zagueiro e depois para o lateral. Essa transição passou por quatro jogadores e isso custa tempo”, contou Rafinha, que negocia transferência para o Flamengo, ao programa Aqui com Benja, do canal Fox Sports.

O lateral contou que Guardiola acompanha jogos do Brasileirão com frequência. “O Guardiola vê muito jogo do Brasil, mostrou várias vezes. Mostrava de Corinthians, de Atlético-MG, na época que o Ronaldinho estava lá. Ele acompanhava bastante também o Cruzeiro. Não era uma crítica dele, mas o futebol brasileiro é assim. É difícil ver um lateral virando uma bola, aqui na Europa é muito mais rápido”, completou.

Revelado pelo Coritiba, Rafinha, de 33 anos, deverá deixar o Bayern de Munique depois de oito temporadas e negocia com o Flamengo um retorno ao país.