Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Aguero perde pênalti, City leva virada do Chelsea e adia título do Inglês

Na prévia da final da Liga dos Campeões, o time de Londres venceu com gol no apagar das luzes

Por Da Redação Atualizado em 8 Maio 2021, 16h33 - Publicado em 8 Maio 2021, 15h44

A conquista do título do Campeonato Inglês pelo Manchester City foi adiada por mais um fim de semana. Neste sábado, 8, a equipe comandada por Pep Guardiola enfrentou o Chelsea pela 35ª rodada da competição, no Etihad Stadium, na Inglaterra, e perdeu de virada por 2 a 1.

A partida, que serviu como uma prévia da final da Liga dos Campeões, que vai ter com o duelo entre as equipes no próximo dia 29, às 16h, contou com um pênalti perdido por Aguero, dois gols impedidos do Chelsea e uma virada, com direito a bola na rede no apagar das luzes.

Clique aqui e assine PLACAR com preço especial, a partir de 8,90 reais por mês!

Ainda no primeiro tempo, Sterling abriu o placar para o City. Aguero teve a chance de ampliar, mas tentou uma cavadinha em cobrança de pênalti e o goleiro Mendy defendeu. Na etapa final, o Chelsea voltou com muito apetite e conseguiu a virada, com gols de Ziyech e Alonso.

Com 13 pontos de vantagem na liderança do torneio, com 80, o City ainda pode ser campeão nesse final de semana caso o rival Manchester United perca para o Aston Villa, neste domingo, 9, às 10h05. Por outro lado, a vitória confirma ainda mais a boa fase do Chelsea, que chega aos 64 pontos e sobe para terceiro lugar.

Na próxima rodada, o City encara o Newscastle, na próxima sexta-feira, 14, às 16h, fora de casa, enquanto o Chelsea faz o clássico londrino contra o Arsenal na quarta, 12, às 16h15, em casa.

Continua após a publicidade

Com equipes modificadas em relação aos jogos pela Liga dos Campeões no meio de semana, Chelsea e Manchester City realizaram um primeiro tempo mais truncado. A primeira grande oportunidade foi criada pelo Chelsea, com um gol impedido, por impedimento, de Werner, aos 31 minutos.

Nos últimos minutos da etapa, quem cresceu na partida foi a equipe comandada por Pep Guardiola. Dessa forma, aos 43 minutos, o City abriu o placar. Gabriel Jesus ganhou da marcação, invadiu a área pela direita e passou na medida para Aguero. O argentino, sozinho na pequena área, não conseguiu dominar a bola e Sterling, como um foguete, bateu firme para balançar a rede.

Três minutos depois do tento, a equipe da casa teve a chance de ampliar. Gabriel Jesus foi derrubado na área por Gilmour e o árbitro assinalou a penalidade. Aguero foi para a cobrança, tentou uma cavadinha, mas Mendy, atento, defendeu sem grandes dificuldades.

Atrás no placar, o Chelsea voltou pressionando desde o primeiro minuto da etapa final. Depois de finalizações sem grande perigo, o time visitante conseguiu o empate, aos 17 minutos. O meia Rodri, do City, perdeu a bola na intermediária e a equipe londrina partiu em contra-ataque. Com uma bela troca de passes entre Azpilicueta, Pulisic e Ziyech, o meia ficou livre na entrada da área e mandou uma bomba, que parou no fundo do gol de Ederson.

A pressão da equipe de Thomas Tuchel seguiu forte e por duas vezes teve um gol anulado por impedimento. Primeiro, aos 33 minutos, Werner foi lançado, em posição irregular, e mandou para a rede. Dois minutos depois, James, pela direita, cruzou rasteiro e Hudson-Odoi, com o corpo à frente da linha da bola, marcou.

Foi no último minuto de jogo, aos 46 minutos, mas o Chelsea virou. Hudson-Odoi lançou Werner, que tocou para Alonso, que dentro da área, chutou sem força, mas a bola para no fundo do gol.

Continua após a publicidade
Publicidade