Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Seedorf confirma saída do Milan e deixa futuro em aberto

Por AE

Milão – O Milan segue seu projeto de renovação do elenco e viu, nesta quinta-feira, o meia Clarence Seedorf dar adeus ao clube. Após dez temporadas com a camisa da equipe, o holandês de 36 anos confirmou que não vai prorrogar seu contrato para a próxima temporada, como já havia sido indicado pelo próprio jogador.

“Deixo o Milan após 10 anos fantásticos. Estou muito feliz com a maneira que vivi as experiências no Milan. Foram anos importantes, muitos momentos passaram tão rápido como todas as coisas boas da vida”, comentou. “Agradeço a todos, espero cumprimentar todos os fãs. Quero agradecer à Itália, já que estive por aqui durante 13 anos e tive dois filhos que nasceram aqui”, completou.

Com a confirmação de sua saída do Milan, Seedorf pensa agora no futuro, que pode estar ligado ao Brasil. A diretoria do Botafogo confirmou estar em negociação com o jogador e o técnico Oswaldo de Oliveira chegou a dizer que estava otimista com o acerto. O meia holandês, no entanto, garantiu que ainda não chegou a nenhuma decisão e não sabe onde atuará.

“Vim para o Milan em um momento delicado da minha carreira, depois de pensar muito, e agora vou fazer a mesma coisa. Vou ter que avaliar vários aspectos, pensando em um projeto que me convença”, afirmou. “Sempre penso sobre meu futuro, gosto de novas experiências. Na minha trajetória sempre tive que fazer algumas escolhas e o momento chegou novamente”, completou.

Seedorf começou a carreira no Ajax e, após uma rápida passagem pela Sampdoria, chegou ao Real Madrid, em 1996. Três anos e meio depois, desembarcou na Itália para atuar na Inter de Milão e, em 2002, foi para o rival Milan. Ele é até hoje o único jogador a conquistar a Liga dos Campeões da Europa por três clubes diferentes: Ajax, em 1994/1995; Real Madrid, em 1997/1998; e Milan, em 2002/2003 e 2006/2007.

Apesar de a imprensa europeia noticiar há alguns meses que o jogador não deveria permanecer no Milan, e ele mesmo ter indicado a saída, Seedorf garantiu que tomou esta decisão recentemente. “Não havia nada premeditado, eu não tinha decidido nada até há poucos dias. A escolha de deixar o Milan só veio recentemente. A relação entre nós é tal que já tínhamos um acordo de renovação pronto”, revelou.