Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

IBM lança o “menor filme” do mundo

'A Boy and His Atom' conta a história de um personagem e seu átomo. Técnicos da empresa criaram o curta-metragem filmando os movimentos de partículas com um aumento de 100 milhões de vezes

Cientistas da IBM apresentaram nesta quarta-feira o “menor filme do mundo”, um curta-metragem feito com um potente microscópio que mostra os movimentos de átomos com um aumento de 100 milhões de vezes. Intitulado A Boy and His Atom (Um menino e seu átomo), o curta tem duração de 1 minuto e 30 segundos, e conta a história de um pequeno personagem que brinca com um átomo e segue seus movimentos, dançando e saltando.

“Filmar, posicionar e dar forma aos átomos para criar um filme de animação original é uma ciência completamente nova”, disse Andreas Heinrich, cientista da IBM Research. “O filme é uma forma divertida de compartilhar o mundo em escala atômica, ao mesmo tempo que permite um diálogo aberto com os estudantes sobre as novas fronteiras da matemática e da ciência.”

Na filmagem, foram usados 5.000 moléculas de monóxido de carbono (um átomo de carbono e outro de oxigênio ligados entre si). As partículas foram movimentadas com o uso de minúsculos imãs feitos de 12 átomos. O microscópio usado no deslocamento dos átomos foi desenvolvido há alguns anos pela IBM, uma invenção que rendeu o Prêmio Nobel de Física, em 1986, aos criadores, Gerd Binnig e Heinrich Rohrer.

O instrumento não se parece com um microscópio tradicional, já que não usa lentes, pesa duas toneladas e opera a uma temperatura de -268°C. Ele tem capacidade de ampliar em 100 milhões de vezes os objetos colocados na placa. O dispositivo utiliza uma agulha muito fina, sobre uma superfície de cobre, para atrair ou repelir os átomos e as moléculas até uma localização específica.

O filme foi certificado pelo livro Guinness dos Recordes como a “menor animação do mundo”, segundo a IBM.

(Com agência France-Presse)