Clique e assine a partir de 8,90/mês

Coronavírus: sem torcida, times perdem a grande vantagem de jogar em casa

Desde a retomada do Campeonato Alemão, as equipes mandantes venceram apenas 16% dos jogos em seus domínios

Por Danilo Monteiro - Atualizado em 25 Maio 2020, 16h47 - Publicado em 25 Maio 2020, 16h24

O Campeonato Alemão retornou há duas semanas e já mostra novos parâmetros com relação ao futebol disputado pré-pandemia de coronavírus. O fato de jogar em casa, algo visto anteriormente como uma vantagem, agora já não tem mais tanto valor. Dos 18 jogos disputados até o momento, apenas três mandantes conquistaram a vitória (algo como 16%): foram 10 triunfos do time visitante e 5 empates.

Antes da paralisação por causa da pandemia, foram 96 vitórias de times da casa (mais de 40% do todo) contra 77 de visitantes em 224 jogos na primeira divisão da Alemanha. Um dos principais motivos para a mudança estatística é certamente o vazio das arquibancadas. A pressão e o barulho da torcida deixam o visitante mais acuado e o mandante mais confiante, mesmo que este tenha menos qualidade do que o adversário.

Os portões permanecerão fechados pelo menos até a criação de uma vacina eficiente para combater o coronavírus. Pensando nisso, alguns clubes estão buscando maneiras de “substituir” os torcedores. O Bayern de Munique utiliza caixas de som para emitir os cânticos de seus torcedores na Allianz Arena. O Borussia Mönchengladbach, do meia brasileiro Raffael, colocou ‘torcedores de papelão’ nos assentos do Borussia-Park. Após a vitória fora de casa de seu time sobre o Eintracht Frankfurt, Raffael detalhou a reação de um adversário em entrevista a PLACAR.

“Comentei com o Gelson Fernandes (jogador do Eintracht Frankfurt), que me disse que além da dificuldade de estarem atrás no placar, o time da casa sentia que não tinham apoio para buscar a virada. Ainda mais para eles, que possuem uma torcida barulhenta e no estádio cabem umas 50 000 pessoas.”

As medidas são criativas e interessantes mas, até para quem está assistindo aos jogos pela televisão, soam como gambiarra. E o “laboratório” do Campeonato Alemão mostra que o mando de campo não faz tanta diferença e que é possível, sim, disputar os jogos em campo neutro, como gostaria a Premier League da Inglaterra. Afinal, o estádio sem torcedores é quase a mesma coisa.

Continua após a publicidade
Publicidade