Clique e assine a partir de 9,90/mês

Veja como foi o dia de abertura da Copa do Mundo da Rússia – 2018

Conduzida por Ronaldo, Robbie Williams e Aida Garifullina, cerimônia inaugurou Mundial; no jogo de estreia, Rússia bateu a Arábia Saudita por 5 a 0

Por Da Redação - Atualizado em 15 jun 2018, 07h40 - Publicado em 14 jun 2018, 09h09

Mais modesta que em edições anteriores, a cerimônia de abertura da Copa do Mundo de 2018 começou às 11h30 (horário de Brasília) e durou cerca de treze minutos no estádio Lujniki, em Moscou, capital da Rússia. A festa contou com a condução do ex-jogador Ronaldo, bicampeão com o Brasil em 1994 e 2002, do cantor britânico Robbie Williams e da soprano russa Aida Garifullina.

O presidente do país sede, Vladimir Putin, esteve presente acompanhado de líderes internacionais, falou no “entendimento mútuo” entre os povos através do esporte e inaugurou oficialmente o torneio ao lado do presidente da Fifa, Gianni Infantino.

Dentro de campo, uma surpreendente e elástica vitória dos donos da casa: 5 a 0 para a Rússia contra a Arábia Saudita. O confronto entre as duas piores seleções do ranking da Fifa a se classificarem para a Copa do Mundo não trazia as melhores expectativas, mas os donos da casa jogaram bem e cravaram a vitória entre golaços e boas trocas de passe.

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo 2018

Veja como foi o primeiro dia da Copa do Mundo de 2018, na Rússia


17:23 – Colônia russa fundada há mais de 100 anos celebra estreia na Copa

No blog VEJA Rio Grande do Sul – Em Campina das Missões, a língua, o folclore e a religião dos fundadores são preservadas. A primeira Igreja Ortodoxa Russa do Brasil foi erguida na cidade, em 1912. Mantendo a ligação com o país ancestral, os moradores da localidade prepararam uma celebração para acompanhar a transmissão da cerimônia de abertura da Copa do Mundo de 2018 na manhã desta quinta-feira, 14. Cerca de cem pessoas assistiram pela televisão ao evento esportivo e comemoraram a goleada de 5 a 0 da Rússia contra a Arábia Saudita.

Comunidade de Campina das Missões, cidade fundada por russos no noroeste do Rio Grande do Sul, celebra estreia na Copa Ilse Ana Perius Zabolotsky/VEJA.com

16:05 – Saudades da Copa no Brasil? CBF anuncia sedes da Copa América de 2019

O vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF)Fernando Sarney, anunciou nesta quinta-feira, durante um evento em Moscou, as cinco cidades-sede da Copa América de 2019, que será realizada no Brasil pela primeira vez desde 1989.

Corluka da Croácia e Neymar, durante partida válida pela abertura da Copa do Mundo de Futebol, no Itaquerão.
Corluka da Croácia, disputa bola com Neymar, durante partida válida pela abertura da Copa do Mundo de 2014, na Arena Corinthians Alexandre Battibugli/Dedoc

15:58 – Moscou, de 1991 a 2018

Impressões iniciais, 27 anos depois do fim da União Soviética

Estive em Moscou outras duas vezes antes da atual viagem, para a cobertura da Copa do Mundo. Na primeira oportunidade, em novembro de 1990, tinha sido enviado pela VEJA para acompanhar a primeira eleição presidencial do pós-comunismo na Polônia, entre Lech Walesa e Tadeuz Mazowiecki, um intelectual católico que chegara ao poder pelas mãos do próprio líder do Solidariedade. Walesa venceu, depois de uma campanha na qual, em ginásios lotados, os alto-falantes tocavam A Banda, de Chico Buarque.

Leia o relato de Fábio Altman, de Moscou, sobre a capital do país-sede da Copa do Mundo.

PRAÇA VERMELHA, agosto de 1991
A bandeira comunista tremulava pelos últimos dias (já ao lado da bandeira russa) Fabio Altman/VEJA.com

15:26 – Repercussão internacional: Abertura da Copa do Mundo teve “vídeo decepcionante”, diz Guardian

A abertura da Copa do Mundo 2018, na Rússia, teve uma repercussão mediana na imprensa internacional nesta quinta-feira (14). “A cerimônia começa com um vídeo decepcionantemente pré-gravado do violinista Yuri Bashmet e do pianista Daniil Trifonov apresentando Tchaikovski em uma plataforma flutuante no rio Moscou”, alfineta o jornal britânico The Guardian.


15:10 – Copa do Mundo: Cheryshev, do banco da Rússia à glória

A Fifa elegeu o meia Denis Cheryshev como o melhor jogador da partida de abertura da Copa do Mundo de 2018, realizada nesta quinta-feira, no Estádio Lujniki. O meia saiu do banco e marcou dois golaços que ajudaram a seleção da Rússia a golear a Arábia Saudita por 5 a 0 na primeira rodada do Grupo A.

Denis Cheryshev comemora gol na goleada da Rússia sobre a Arábia Saudita em Moscou – 14/06/2018 Carl Recine/Reuters

14:56 – Rússia 5 x 0 Arábia Saudita: um bom e inesperado começo para a Copa

O encontro das duas piores seleções no ranking da Fifa (entre as que disputam a Copa do Mundo da Rússia) não prometia um deleite. Mas os anfitriões (no 70º lugar) souberam captar a empolgação de seu público e a fragilidade da Arábia Saudita (67º) numa convincente vitória por 5 a 0. Com boas trocas de passes e golaços, acredite. Tudo isso de uma equipe que não vencia há sete partidas (a última vitória em outubro de 2017, em amistoso contra a Coreia do Sul), que fizera uma participação catastrófica na Copa das Confederações. Não superar o adversário teoricamente mais fraco do grupo A seria a confirmação do pior (e até então realista) prognóstico.


14:47 – O discurso de Putin: “E nesse esporte todo mundo se entende”

Em seu discurso na abertura do mundial, o presidente da Rússia, Vladimir Putin, pregou “paz e entendimento mútuo”. O chefe de governo russo disse “nesse esporte [o futebol], todo mundo se entende”. “Essa união independe de idioma e de religião. Essa é a força do futebol e do esporte”.

O presidente russo Vladimir Putin fala antes do início da primeira partida da Copa do Mundo Rússia 2018, contra a Arábia Saudita, no estádio Luzhniki, em Moscou – 14/06/2018 Kai Pfaffenbach/Reuters

14:22 – Placar final: Rússia 5 x 0 Arábia Saudita

Saiba como foi o jogo de estreia minuto-a-minuto.

Jogadores russos comemoram a vitória sobre a arábia Saudita por 5 a 0 na partida de estreia da Copa do Mundo 2018, no estádio Luzhniki, em Moscou – 14/06/2018 Carl Recine/Reuters

14:06 – “Não gostar de futebol não faz você mais inteligente”

Artigo de Rodrigo da Silva no Blog Parlatório

“Ei, repetidor de clichês. Você pode gostar de futebol e discutir o cenário político ao mesmo tempo. Não há nada de errado com isso. É humanamente possível contar as horas pra torcer para o seu país na Copa do Mundo e protestar contra o governo. Acredite, dá pra fazer as duas coisas no mesmo dia”.


14:03 – Arquibancada estrelada

O perfil do site russo Varzesh 3 compartilhou uma foto da arquibancada do estádio Lujnski, em Moscou. Assistindo à goleada da Rússia sobre a Arábia Saudita, o português Luis Figo, os brasileiros Roberto Carlos e Cafu, o marfinense Didier Drogba, o camaronês Samuel Eto’o e o espanhol Xavi

View this post on Instagram

. حضور #فيگو، #كارلوس، #كافو، #دروگبا، #اتوئو و #ژاوى در جايگاه ويژه ورزشگاه لوژنيكى #legends #worldcup2018 #wc2018 #russia2018 #figo #carlos #robertocarlos #drogba #etoo #xavi #cafu

A post shared by Varzesh3 ورزش‌سه (@varzesh3) on


13:55 – GOL DA RÚSSIA – RÚSSIA 5 X 0 ARÁBIA SAUDITA

E ainda deu tempo para mais um. E de outro jogador que saiu do banco: Artem Dzyuba fechou o placar. No minuto seguinte, o juiz Néstor Pitana apitou o final da partida.


13:50 – GOL DA RÚSSIA – RÚSSIA 4 X 0 ARÁBIA SAUDITA

É o segundo gol do meia Denis Cheryshev, esse aos 46 minutos do segundo. Cheryshev saiu do banco, substituiu o craque do time, Dzagoev, e não decepcionou, transformando a vitória em goleada.


13:32 – GOL DA RÚSSIA – RÚSSIA 3 X 0 ARÁBIA SAUDITA

Pouco mais de um minuto depois de entrar em campo, Artem Dzyuba marcou o terceiro gol russo. Agora 3 a 0 para os donos da casa.


13:28 – Polêmicas da abertura: o gesto obsceno de Robbie Williams

Se musicalmente o show de Robbie Williams com a soprano russa Aida Garifullina deixou a desejar na abertura da Copa do Mundo da Rússia, levando as redes a pedir a volta de Shakira ao campo, em termos políticos o britânico deu uma bola dentro. O dedo do meio da mão esquerda, erguido já no final do show no estádio Luzhniki, em Moscou, soou para muitos como um recado para Vladimir Putin.


13:14 – Polêmicas da abertura: o Volta, Shakira!

A dupla Robbie Williams e Aida Garifullina, convocada para comandar a abertura da Copa do Mundo da Rússia, na manhã desta quinta-feira, recebeu cartão vermelho dos brasileiros. E nem foi por saudade de Claudia Leitte, Jennifer López e Pitbull, as estrelas do pontapé da Copa do Brasil, em 2014. Nas rede sociais, memes e posts promovem uma campanha pela volta de Shakira, a colombiana que encantou com seu Waka Waka na abertura da Copa da África do Sul, em 2010.

Aida Garifullina e Shakira Fotos/Getty Images

13:04 – Recomeça o jogo

As seleções voltam sem alterações. No primeiro tempo, o meia Alan Dzagoev saiu lesionado e foi substituído por por Denis Cheryshev, o autor do segundo dos dois gols da Rússia até o momento.


12:50 – Final do primeiro tempo

Final do primeiro tempo em Moscou. A Rússia vai vencendo a Arábia Saudita, por 2 a 0, com gols de Gazinsky e Cherysiev

Continua após a publicidade

12:44 – GOL DA RÚSSIA – RÚSSIA 2 X 0 ARÁBIA SAUDITA

O meia Denis Cheryshev, que entrou no lugar do craque Dzagoev lesionado, foi o autor do segundo gol da partida. Ele cortou o marcador com a canhota e chutou no alto para ampliar.

Denis Cheryshev, da Rússia, marca o segundo gol da partida de abertura da Copa do Mundo 2018 contra a Arábia Saudita, no Estádio Luzhniki, em Moscou – 14/06/2018 Shaun Botterill/Getty Images

12:41 – Rússia: dona da festa deverá aplaudir os convidados

Repetir o desempenho da África do Sul, que há oito anos foi a primeira anfitriã eliminada ainda na primeira fase, parece ser o destino da Rússia. A previsão não se atém ao fato de ter sido a pior classificada no ranking da Fifa (então na 63ª posição) entre as 32 seleções que vão disputar a Copa do Mundo da Rússianeste ano. A campanha na Copa das Confederações de 2017 foi outro aviso — passou no evento-teste como organizadora, mas falhou dentro de campo (duas derrotas em três jogos).


12:13 – GOL DA RÚSSIA – RÚSSIA 1 X 0 ARÁBIA SAUDITA

Os donos da casa abrem o placar. Gol de Yuri Gazinskiy.

Yuri Gazinsky, da Rússia, marca de cabeça o primeiro gol da Copa do Mundo 2018, no jogo de abertura contra a Arábia Saudita, no Estádio Luzhniki, em Moscou – 14/06/2018 Matthias Hangst/Getty Images

12:03 – ACOMPANHE: Rússia 0 x 0 Arábia Saudita

Começa o jogo no estádio Lujniki, em Moscou. Acompanhe minuto-a-minuto.


11:58 – Oficialmente aberta a Copa do Mundo de 2018 na Rússia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o presidente da Fifa, Gianni Infantino, oficialmente declararam aberta a Copa do Mundo de 2018. Os times já estão em campo e em breve começa a partida entre Rússia e Arábia Saudita.


11:53 – Ronaldo entra em campo

Campeão da Copa do Mundo com o Brasil em 1994 e 2002, o ex-atacante Ronaldo entrou no campo do estádio Lujniki para participar da cerimônia de abertura do Mundial de 2018.


11:35 – Começa a cerimônia de abertura

Começou a cerimônia de abertura. Se apresentam os artistas escolhido para fazerem os shows musicais da festa, o britânico Robbie Williams e a soprano russa Aida Garifullina.


11:29 – Torcedores prontos

Com uma cerimônia curta, de apenas treze minutos, boa parte dos presentes no estádio Lujniki, em Moscou, já estão de olho na partida que começa na sequência, às 12h. A dona da casa, Rússia, enfrenta a Arábia Saudita.

Torcedores da Arábia Saudita aguardam o início do primeiro jogo da Copa do Mundo 2018, contra a anfitriã, Rússia, no Estádio Luzhniki, em Moscovo – 14/06/2018 Patrik Stollarz/AFP

11:21 – Moscou, a capital do futebol em 2018

Saiba mais sobre a capital da Rússia, que receberá doze jogos em dois estádios.


11:12 – A taça chegou

A taça da Copa do Mundo já está no estádio Lujnski, em Moscou, para a abertura do mundial. O responsável por conduzir o troféu foi o goleiro espanhol Iker Casillas, capitão da conquista de 2010, na África do Sul

O goleiro espanhol Iker Casillas segura o troféu da Copa do Mundo antes da cerimônia de abertura do torneio no estádio Luzhniki em Moscou – 14/06/2018 Michael Regan/FIFA/Getty Images

10:39 – Portões abertos

Os portões do estádio Lujnki já estão abertos em Moscou há menos de uma hora do início da cerimônia. Para ingressar no estádio, os torcedores precisarão portar, além do ingresso, a FAN-ID, uma identificação que substituiu o visto de entrada de estrangeiros e que vai permitir às autoridades barrar torcedores de uma “lista negra”


10:35 – Os 23 de Tite

O Brasil só estreia no domingo, enfrentando a Suíça, na cidade de Rostov, a partir das 15h. Até lá, relembre os 23 nomes convocados pelo técnico Tite para a disputa do hexa. As principais dúvidas, antes da convocação, eram a respeito do substituto do lateral-direito Daniel Alves, lesionado, e uma vaga do meio para a frente.

Tite
O técnico Tite durante a convocação dos jogadores que irão atuar nos amistosos da seleção brasileira contra Japão e Inglaterra Pedro Martins/Mowa Press

 


10:13 – A bênção do Papa

O Papa Francisco também falou no Twitter sobre a competição que começa hoje em Moscou, reforçando seu desejo de que “este evento esportivo seja uma oportunidade válida de encontro e de fraternidade”.


09:47 – As perguntas da FIFA

“Quem mais está animado?”

A confederação internacional de futebol publicou em sua conta oficial no twitter um vídeo com essa chamada e respostas para uma pergunta “O que faz a Copa do Mundo tão boa?”.


09:36 – Trending Topics

A Copa do Mundo é o principal assunto do Twitter brasileiro nesta quinta-feira. Seis dos novos itens não patrocinados dos trending topics do Brasil são sobre o torneio na Rússia. O termo mais utilizado é a tag oficial do evento, “#WorldCup2018”, seguido por “HOJE TEM COPA” e “Rússia x Arábia Saudita”, em referência aos times que disputarão a partida de estreia.


09:10 – Programação

Abertura da Copa do Mundo 2018: Ronaldo Nazário, Robbie Williams e Aida Garifullina
Ronaldo Nazário, Robbie Williams e Aida Garifullina Bryn Lennon/Getty Images/Jonathan Ng/Newspix/Getty Images/Monika Fellner/Getty Images

A cerimônia de abertura da Copa de 2018 será focada nos shows musicais, sob a responsabilidade de Robbie Williams e Aida Garifullina. No entanto, uma dos maiores sucessos recentes de Williams, que fala justamente sobre uma festa russa, estará de fora da apresentação, prevista para começar as 11h30, no horário de Brasília.

Continua após a publicidade
Publicidade