Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

“Bóson de Higgs me custou 100 dólares”, diz Hawking

Físico apostou com colega que partícula fundamental não seria encontrada

Por Da Redação
Atualizado em 6 Maio 2016, 16h31 - Publicado em 5 jul 2012, 12h55

O físico britânico popstar Stephen Hawking estava torcendo para que o bóson de Higgs, partícula que ajudaria a explicar como outras recebem massa, não fosse encontrado. Em setembro de 2008, apostou 100 dólares com outro físico – Gordon Kane, da Universidade de Michigan, nos EUA – dizendo que o Higgs não seria encontrado. Hawkings, ao que tudo indica, perdeu.

Saiba mais

BÓSON DE HIGGS

O bóson de Higgs é uma partícula subatômica prevista há quase 50 anos. Após décadas de procura, os físicos ainda não conseguiram nenhuma prova de que ela exista. O Higgs é importante porque a existência dele provaria que existe um campo invisível que permeia o universo. Sem o campo, ou algo parecido, nada do que conhecemos existiria. Os cientistas não esperam detectar o campo — em vez disso, eles esperam encontrar uma pequena deformação nele, chamada bóson de Higgs.

Continua após a publicidade

Cientistas do LHC, o maior colisor de partículas do mundo, que fica na fronteira entre a França e a Suíça, anunciaram a descoberta de uma nova partícula fundamental da matéria que tem todo o jeito de ser o procuradíssimo bóson de Higgs. O próprio Peter Higgs, físico britânico que propôs a partícula na década de 1960, presente durante o anúncio, comemorou. “Acho que o encontramos”, disse.

“É um resultado importante e deveria ser premiado com o Nobel”, disse Hawking em uma entrevista à rede britânica BBC. “Contudo, não deixa de ser uma pena porque os grandes avanços na física vieram de experimentos que deram resultados que não esperávamos”, continuou o físico. “Por causa disso, apostei com Gordon Kane que a próxima partícula não seria encontrada. Parece que acabei de perder 100 dólares.”

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.