Clique e assine a partir de 9,90/mês

Brasil pode voltar a usar camisa branca, aposentada no Maracanazo

Modelo branco com detalhes em azul pode ser usado na Copa América de 2019, em homenagem ao centenário do primeiro título da equipe

Por Da redação - 12 abr 2018, 15h48

A seleção brasileira poderá voltar às suas origens no quesito figurino. Segundo informações do site britânico Footy Headlines, especializado em uniformes, a equipe estuda “desaposentar” sua primeira camisa, branca com detalhes em azul, para a disputa da Copa América em solo brasileiro, em 2019.

O modelo usado pela primeira vez em 1914 ganhou fama de azarado após o “Maracanazo“, como ficou conhecida a derrota para o Uruguai na final da Copa de 1950, e foi usado pela última vez em 1952. A partir do Mundial de 1954, a seleção passou a atuar de camisa amarela e calções azuis, com camisa azul como segundo uniforme.

O Brasil só voltou a vestir branco uma única vez, no primeiro tempo do amistoso contra a França, em 2004, em jogo que celebrou o centenário da Fifa, em Paris. A CBF não confirma o uso da camisa branca em 2019, que, segundo o Footy Headlines, celebraria os 100 anos do primeiro título do Brasil, a Copa América de 1919.

Time titular da seleção brasileira posa para foto
 Seleção brasileira na final da Copa de 1950, no Maracanã Divulgação/VEJA
Publicidade