Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Marta, do protesto ao marketing em campo

Na Copa da França, rainha do futebol feminino defende a igualdade em sua chuteira e também capricha no visual para faturar

Marta, a rainha do futebol feminino e maior recordista de gols da história das Copas, também marcou golaços no ramo da publicidade. A camisa 10 entrou no Mundial da França sem nenhum acordo de patrocínio de chuteiras – descontente com a última proposta da Puma, decidiu não renovar – e aproveitou para apoiar uma causa: usou uma chuteira preta, com o logo rosa e azul da “Go Equal”, entidade que luta pela equidade de gênero.

Veja também

Nesta terça-feira, 18, assim como já havia feito no jogo contra a Austrália, Marta apontou para a chuteira ao marcar o gol que garantiu a vitória da seleção brasileira sobre a Itália. Além disso, a craque alagoana chamou a atenção por outro motivo: jogou maquiada, com um batom de cor forte, algo inédito em sua carreira. O novo ‘look’ tem explicação: Marta renovou contrato com a marca de cosméticos Avon, acordo confirmado pelo empresário da atleta, que ressaltou que a cor é “Sangria”. Com isso, além de ultrapassar Miroslav Klose, até então o maior goleador das Copas, Marta igualou um feito do rei Pelé, o primeiro a fazer publicidade em Copas, quando abaixou para amarrar suas chuteiras personalizadas na Copa de 1970, no México.