Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Ator de ‘Star Trek’ admite pedofilia: ‘Sou imperfeito’

Em outubro, o site americano TMZ publicou áudio em que o ator relatava ter cometido crimes contra três garotas, entre 1973 e 1994

Por Da Redação 18 dez 2014, 20h03

Stephen Collins, de Jornada nas Estrelas: O Filme (1979), quebrou o silêncio e assumiu pedofilia em duas entrevistas desta semana, ao site Yahoo Global News e à revista People. O ator, de 67 anos, admitiu ter violentado sexualmente três meninas menores de idade, entre 1973 e 1994. Collins não comentou o assunto desde outubro, quando o site americano TMZ divulgou o áudio de uma conversa com sua ex-mulher, Faye Grant, em que ele falava sobre os crimes. “Muitas pessoas são imperfeitas em algum lugar. E muitas pessoas escolhem esconder ou têm de esconder esses defeitos. E o meu foi descoberto, eu não escolhi isso”, disse ele ao site americano Yahoo Global News.

Leia também:

Filme com Ryan Reynolds em Cannes explora casos de pedofilia

Collins teve sua carreira prejudicada pelos áudios divulgados. Os produtores do filme Ted 2, o qual ele faria uma pequena participação, o dispensaram. Ele também foi demitido da série Scandal, em que era cotado para retornar na quarta temporada, como Reed Wallace. Os canais Up TV e TV Guide Network, que exibiam reprises de 7th Heaven, retiraram a série de sua grade de programação. Collins também se afastou do cargo que ocupava na diretoria do SAG-AFTRA (sindicato dos atores de Hollywood) desde 2013, e no qual permaneceria até 2016.

Continua após a publicidade
Publicidade