Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade
Imagem Blog

Ricardo Rangel

O Judiciário dá a impressão de que a Justiça e a democracia funcionam bem — para os ricos e poderosos
O próprio presidente se encarrega de neutralizar seus acertos
Estádio Beira-Rio, Porto Alegre, Rio Grande do Sul

A marcha da insensatez

Ricardo Rangel Por
Ricardo Rangel
Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
O que leva governos a adotar políticas que acabam por derrotá-los
99% dos brasileiros liga a tragédia no Sul a mudanças climáticas... mas não liga seu voto ao problema
Lula ainda não entendeu que não tem força para impor sua vontade ao Congresso. Enquanto não mudar de atitude, não vencerá
A tardia discussão sobre a artista americana é uma tática conhecida, mas que ainda dá certo
O presidente segue se irritando com perguntas sobre o deficit fiscal — e quanto mais se irrita, mais o deficit sobe
Catástrofes climáticas não são incomuns no Brasil, mas o desastre no sul tem dois elementos novos
A cantora americana levou para o palco o que o bolsonarismo mais detesta e lhe entregou os símbolos que o movimento havia confiscado
Americanos e brasileiros perderam a capacidade de negociar
Publicidade
O que fazer quando a punição é um estímulo à infração?
A proximidade com Bolsonaro cria uma crise de identidade para a direita convencional e traz desafios não só para ela, mas para todo o espectro político
A decisão do STF custará caro tanto para o governo como para o tribunal — e ainda pode dar em nada
Lula, o Congresso e o STF estão mostrando que ninguém precisa de Bolsonaro para gerar desarmonia entre os Poderes
Portugal e Brasil têm muito em comum, mas uma distinção marcante é a relação dos militares com a democracia
O governo ainda não encontrou o caminho para superar os vários problemas que enfrenta
O que o ex-presidente espera com esse tipo de comício? Tem chance de dar certo?
Fachada do edifício sede do Supremo Tribunal Federal – STF

O STF precisa ser supremo

Ricardo Rangel Por
Ricardo Rangel
Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
A Corte não pode continuar sendo vista como um ator político
Outros ministros do STF ficaram perplexos com a escandalosa decisão do colega. Mas vão revogá-la?
O atual presidente não é muito diferente de Bolsonaro quando se trata de tomar decisões econômicas voluntariosas e insensatas
Publicidade
Continua após publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.