Clique e assine a partir de 8,90/mês

Ainda enlouquecendo multidões, Mick Jagger completa 70 anos

Septuagenário, cheio de rugas e pai de sete filhos, o líder dos Rolling Stones ainda enlouquece multidões sempre que sobe aos palcos

Por Da Redação - 26 jul 2013, 11h46

Sem que a idade e os excessos tenham minado sua energia arrasadora nem seu indiscutível magnetismo, Mick Jagger completa nesta sexta-feira 70 anos. Septuagenário, cheio de rugas e pai de sete filhos, o líder dos Rolling Stones ainda enlouquece multidões sempre que sobe aos palcos, é uma das figuras mais veneradas do rock e está soprando velinhas com uma forma física que resistiu aos abusos de álcool e drogas em sua juventude.

LEIA TAMBÉM:

LEIA TAMBÉM: Rolling Stones lançam coletânea completa no iTunes

Keith Richards lançará disco solo após turnê com Stones

Ex de Ronnie Wood fala sobre drogas e festas em livro

Em seu currículo, estão vários tropeços com a Justiça por motivos como porte ilegal de entorpecentes, desordem pública e até agressão a um jornalista — episódios que já fazem parte de sua fascinante história. Hoje, porém, essa atitude de adolescente rebelde ficou no passado. Atualmente, o britânico garante fazer exercícios regularmente e alterna o esporte com dança, que, claro, contribuem para conservar sua sexy, peculiar e inimitável dança com os quadris.

Continua após a publicidade

Imune aos danos do tempo, o músico demonstrou estar em plena forma neste verão, ao tocar no dia 29 de junho pela primeira vez em 50 anos de carreira no festival de Glastonbury. Lá realizou, com os Rolling Stones, um megaespectáculo de mais de duas horas. Feito semelhante aconteceu em 6 de julho, em outro show no Hyde Park, onde a banda repetiu um mítico espetáculo de 1969. E com todas as entradas – que custavam no mínimo 150 libras (cerca de 514 reais) – esgotadas. Prova de que o apelo de Jagger e os Stones não tem data para acabar.

Mulherengo – No Reino Unido, sua vida pessoal sempre deu pano para a manga, fosse por seus amores e sua fama de incorrigível mulherengo, fosse pelo destaque midiático que herdaram, além disso, alguns de seus filhos, como as duas filhas modelos, Elizabeth e Georgia May, fruto de seu segundo casamento, com a americana Jerry Hall, e o brasileiro Lucas Jagger, seu filho com a apresentadora Luciana Gimenez.

Jagger se casou em Bali pela primeira vez em 1971 com a nicaraguense Bianca Jagger, que ainda conserva o sobrenome do músico, e de cuja união, que acabou em 1979, nasceu a estilista Jade. Atualmente, porém, Jagger parece ter encontrado estabilidade com a estilista L’Wren Scott, de 46 anos, com quem foi visto em 17 de julho comemorando antecipadamente 70 anos em um clube privado de Londres.

Biografia – Nascido em Dartford, no condado inglês de Kent, em 26 de julho de 1943, Jagger é filho de um professor de educação física e uma dona de casa australiana, e se interessou por música quando ainda era um adolescente que tirava notas ótimas e que se matricularia na prestigiada London School Of Economics (LSE).

Em abril de 1962, com apenas 18 anos, fundou com Keith Richards (guitarra), Ron Wood (baixo) e Charlie Watts (bateria) o grupo, que já vendeu mais de 200 milhões de discos e publicou 24 álbuns, o último, Grrr! no ano passado. E, até hoje, mais de 50 anos depois, álbuns como Beggars Banquet (1968), Sticky Fingers (1971) e Exile on Main St. (1972) continuam fascinando legiões de admiradores.

(Com agência EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade