Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Escândalo repercute no mundo: ‘Temer acusado de corrupção’

O jornal 'The New York Times', o francês 'Le Monde' e a rede britânica 'BBC' questionaram o futuro de Michel Temer e da crise econômica e política no Brasil

O novo capítulo da crise política no Brasil virou notícia em sites internacionais, após o depoimento do ex-ministro da Cultura, Marcelo Calero, de que o presidente Michel Temer e o ministro Geddel Vieira Lima estariam envolvidos em tráfico de influências. No site do jornal americano The New York Times, o nome de Temer estampava a manchete: “Presidente do Brasil, Michel Temer, envolvido em novo escândalo de corrupção”.

Para o Times, o “último escândalo está se transformando na mais aguda crise que Temer enfrenta desde que subiu ao poder”. O jornal também citou que o presidente brasileiro lida com baixas taxas de aprovação e que seu governo tem dificuldades para reparar uma “economia enferma atolada em sua maior recessão em décadas”.

O site da emissora britânica BBC também chamou atenção para o envolvimento do líder brasileiro, com a manchete “Michel Temer, presidente do Brasil, acusado de corrupção”. O texto questiona o futuro de Temer na Presidência e relata que a oposição “ainda amargurada pela queda de Dilma Rousseff” já pede que o presidente seja “retirado do poder”. Segundo a BBC, Temer “tentou manter um governo estável, mas foi atormentado por alegações de corrupção contra seu próprio partido”.

BBC - Repercussão internacional sobre a acusação de corrupção envolvendo Michel Temer BBC – Repercussão internacional sobre a acusação de corrupção envolvendo Michel Temer

BBC – Repercussão internacional sobre a acusação de corrupção envolvendo Michel Temer (/Reprodução)

O jornal francês Le Monde registrou a renúncia do ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, nesta sexta-feira, e relatou que o caso pode “retardar o processo de saneamento das finanças públicas” no Brasil. Já o espanhol El País comentou que o governo de Temer ainda “não conhece a paz”. O site do jornal americano Wall Street Journal e a agência de notícias Reuters também noticiariam a saída de Geddel.

Le Monde Diplomatique - Repercussão internacional sobre a acusação de corrupção envolvendo Michel Temer Le Monde Diplomatique – Repercussão internacional sobre a acusação de corrupção envolvendo Michel Temer

Le Monde Diplomatique – Repercussão internacional sobre a acusação de corrupção envolvendo Michel Temer (/Reprodução)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Carlos Cezar Marques

    Aloisio, “essa palhaçada de denúncias” é necessária para continuarmos caçando os corruptos. Precisamos abater a quadrilha toda.

    Curtir

  2. Qual a importância da mídia estrangeira noticiar o fato? E mesmo assim são pouquíssimos jornais de fora que relatam o caso.

    Curtir

  3. Antonio Silva

    Esse é o preço que Temer paga por não formar uma equipe de notáveis, pessoas de conduta ilibada. Insistindo em se cercar de políticos de índole duvidosa seu fim é o mesmo da tal Dilma.

    Curtir

  4. Gleyson Maia

    Esses CA NA LHAS tem que ir para a cadeia urgente! Todos farinha do mesmo saco. Era apenas uma questão de tempo. Só quem é muito inocente ou alienado para não entender que o PeMeDêBê é o partido mais fisiológico do mundo. Ele sempre esteve participando em tudo junto com o PeTê. Apesar de hoje quererem posar de honestos e moralistas. São todos uma mesma corja. Está tudo contaminado! Lixo pra todo lado! A limpeza tem que ser muito grande. Não sobrará quase nada! O povo tem que tomar uma atitude contra estes criminosos que roubam a nossa nação e ainda riem de nossas caras.

    Curtir

  5. Maria Aparecida Ballestero

    Temer prepotente ,se acha o galã…….

    Curtir

  6. Marcelo Monteiro

    Como é que é? Mais uma vez a imprensa brasileira usando como fonte o New York Times? O Pravda americano? Esse lixo esquerdista que foi humilhado na última eleição para presidente? Que confessou mudar a cobertura jornalística para eleger Hillary Clinton? UMA VERGONHA!!! E mais: o que é esse caso do Geddel comparado com o Petrolão?! A verdade é que a empresa esquerdista, que foi humilhada com o Brexit, com a eleição de Donaldo Trump e com o impeachment, agora vai querer desinformar mais uma vez a população para salvar o que eles acham que é a solução para todos os problemas do mundo: um mundo globalizado sob uma hegemonia socialista. Agora só precisa combinar com o povo. Vão quebrar a cara novamente!!!

    Curtir

  7. Confesso que estava torcendo pelo governo Temer, mas pelo andar da carruagem tudo vai ficar na mesma. Nao podemnos aceitar essa complacencia , precisamos de pessoas seria que nao tolerem esses abusos praticados pelos politicos. Ou o Brasil acaba com os corruptos ou os corruptos acabam com o Brasil . Dia 4 todos fora de casa, vamos protestar, nao podemos aceitar tanta impunidade, politico legislando em causa propria, isso nao pode acontecer. Qualquer pais serio nao tolera esses abusos. Que vao todos para a cadeia, doa a quem doer. Roubou ? cadeia imediatamente.

    Curtir

  8. Celso Barbosa

    A situação que partidos das trevas deixou o país , agora é fazer milagre para tampar rombo que lula causou e abriu a portas.

    Curtir