Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Mulheres jovens ignoram sinais de ataque cardíaco

De acordo com pesquisa, mulheres com idades entre 30 e 55 anos desconhecem seus riscos de sofrer o problema

Mulheres jovens tendem a ignorar os primeiros sintomas de um ataque cardíaco, como dor no peito, náusea, falta de ar e sudorese, e demoram a procurar ajuda médica. A revelação é de um estudo da Universidade Yale, nos Estados Unidos, publicado na terça-feira no periódico Circulation.

Participaram da pesquisa 30 mulheres de 30 a 55 anos hospitalizadas por infarto. Os pesquisadores perguntaram como elas se comportaram ao sentir os primeiros sintomas e quando decidiram procurar auxílio médico.

A conclusão foi de que as mulheres não sabiam sobre seus riscos de sofrer um ataque cardíaco e não tomavam medidas preventivas contra doenças do coração. Também foi observado que nem todas as pacientes foram orientadas a fazer um hemograma completo quando chegaram ao hospital.

Leia também:

Ser otimista protege o coração, diz estudo

Ioga pode reduzir fatores de risco para doenças do coração

De acordo com Judith Lichtman, coautora do estudo, as jovens com múltiplos fatores de risco para doenças cardiovasculares e histórico familiar do problema não devem se achar muito novas para sofrer um ataque cardíaco. “As participantes da nossa pesquisa disseram que, quando sentiram os sintomas, pensaram que era qualquer coisa, menos um ataque do coração”, diz.

“O estudo sugere que são precisos mais esforços para educar as mulheres sobre os primeiros sintomas de um ataque cardíaco. Isso pode mudar o modo que tanto as pacientes quanto os hospitais enxergam os sinais do problema”, diz Leslie Curry, coautora do estudo.

(Da redação de VEJA.com)