Clique e assine a partir de 9,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Política Fiscal

Segundo o presidente, uma das pastas contempladas será a Educação; valor não contabiliza receita prevista com o leilão de áreas de exploração de petróleo
Decisão vem após ameaça da General Motors de fechar plantas em São Paulo; Ford também anunciou saída em janeiro
O presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn
Economia

Setor público registra déficit de R$ 24,6 bilhões em setembro

Por Redação - Atualizado em 29 out 2018, 11h16 - Publicado em 29 out 2018, 11h03
Como reflexo do rombo nas contas públicas, a relação entre dívida líquida e Produto Interno Bruto subiu para 52,2%
Nicolás Dujovne
Mundo

Ministro de Economia argentino prevê crescimento de 5,2% em 2019

Por Denise Chrispim Marin - Atualizado em 27 set 2018, 22h07 - Publicado em 27 set 2018, 16h04
Nicolás Dujovne avisou que o ritmo de redução do déficit fiscal não será relaxado por causa dos 57,1 bilhões de dólares de ajuda do FMI
Guido Sandleris
Mundo

Argentina consegue mais 7 bilhões de dólares em ajuda do FMI

Por Da Redação - Atualizado em 27 set 2018, 15h32 - Publicado em 26 set 2018, 21h44
Banco Central abandona metas de inflação e define intervenção cambial somente quando o dólar superar 44 pesos ou esteja abaixo de 34 pesos
As renúncias tributárias chegarão a 306,398 bilhões de reais no ano que vem, o equivalente a 4,12% do Produto Interno Bruto (PIB)
A irresponsabilidade do Congresso arruína a recuperação e já compromete até o próximo governo
Não há alternativa
Revista VEJA

Não há alternativa

Por Mansueto Almeida* - 20 jul 2018, 06h00
O Brasil não tem saída sem um rigoroso ajuste fiscal, que só será possível com a reforma da Previdência e mudanças na Constituição
dinheiro-100-50
Economia

Fazenda prepara decreto para impedir novas renúncias fiscais

Por Da Redação - Atualizado em 11 jul 2018, 15h02 - Publicado em 11 jul 2018, 08h29
Ideia é prever compensações para bancar novos incentivos aprovados pelo Congresso
Em ano eleitoral, Temer amplia gastos públicos e aumenta seu cacife político por meio da liberação de verbas. Ajuste fiscal? Fica para o próximo presidente
Publicidade