Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana
Publicidade

Notícias sobre Bruno Araújo

Carta aberta divulgada nesta quarta-feira pelo partido é uma resposta às crítica feitas pelo ministro da Economia ao Plano Real
É desejável que os presidentes dos três Poderes tenham relacionamento harmonioso. Mas confraternizar ultrapassa os limites
João Doria, Geraldo Alckmin e Rodrigo Maia
Política

Nas mãos de Doria, PSDB ensaia rearticulação de aliança com DEM e MDB

Por Da Redação Atualizado em 31 Maio 2019, 18h03 - Publicado em 31 Maio 2019, 17h29
Apoiado pelo governador de SP, Bruno Araújo é eleito presidente da legenda em evento com Jucá e Maia e acenos a um novo centro político com vistas a 2022
Samuel Moreira
Economia

Relator pode tirar da Previdência corte de benefícios aos mais pobres

Por da Redação Atualizado em 31 Maio 2019, 17h17 - Publicado em 31 Maio 2019, 16h35
Samuel Moreira afastou possibilidade de ampliar vantagens para corporações; Maia reafirmou expectativa de votar reforma ainda no primeiro semestre do ano
João Doria e Bruno Araújo
Política

Bruno Araújo é eleito presidente do PSDB em convenção

Por Redação Atualizado em 31 Maio 2019, 17h09 - Publicado em 31 Maio 2019, 15h45
Ex-deputado de 47 anos foi indicado pelo governador de SP, João Doria, nome mais forte do partido atualmente. Domingos Sávio é o vice-presidente
Ao criticar recentes arquivamentos de inquéritos, procuradora-geral afirmou que ao Judiciário cabe, apenas, opor-se a constrangimentos ilegais
sete-tucanoes
Revista VEJA

A aposta dos tucanões

Por Ana Clara Costa 1 dez 2017, 06h00
Depois de meses de guerra fratricida, PSDB entra em acordo sobre candidatura de Geraldo Alckmin à Presidência da República. Falta saber se ela vai decolar
deputado alexandre baldy
Política

Baldy promete alterar projetos para agradar partidos da base

Por Estadão Conteúdo Atualizado em 21 nov 2017, 11h15 - Publicado em 21 nov 2017, 11h12
Após tomar posse, o ministro pretende revogar atos de seu antecessor, Bruno Araújo, trazendo mudanças em programas como Minha Casa Minha Vida
Com o discurso de que é preciso aprovar a reforma da Previdência, o governo se abre novamente ao que há de mais atrasado na política brasileira
Ringue – Para ampliar seu apoio no Congresso, o presidente Temer baixa ainda mais a guarda ética do governo
Revista VEJA

Clinch com o fisiologismo

Por Daniel Pereira, Hugo Marques 17 nov 2017, 06h00
Com o discurso de que é preciso aprovar a reforma da Previdência, o governo se abre novamente ao que há de mais atrasado na política brasileira
A ideia é que as mudanças comecem no próximo mês e o presidente deverá fazer as trocas em fases, com alguns ministros saindo somente em março do ano que vem
Uma peça digna de teatro mambembe a encenação de governo e PSDB para dar a impressão de que não há derrotas nem derrotados
Bruno Araújo pede demissão e deve iniciar desembarque tucano da base de apoio a Temer
Publicidade