Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês
Matheus Leitão Blog de notícias exclusivas e opinião nas áreas de política, direitos humanos e meio ambiente. Jornalista desde 2000, Matheus Leitão é vencedor de prêmios como Esso e Vladimir Herzog

O grande presente da terceira via para Lula e Bolsonaro

O novo partido - Desunião Brasil - e as bicadas de tucanos...

Por Matheus Leitão Atualizado em 4 abr 2022, 10h49 - Publicado em 2 abr 2022, 10h56

Se o roteiro tivesse sido escrito por um inimigo da chamada terceira via não sairia melhor.

Nas últimas quarenta e oito horas, candidatos que se dizem de centro bateram cabeça, foram e voltaram, disseram e desdisseram.

Ao fim não se sabe nem quem é candidato a essa altura.

O ex-ministro Sergio Moro, 24 horas depois de ter saído do Podemos para entrar no barco do União Brasil, viu um motim a bordo comandado por ninguém menos que o secretário-geral da sigla, ACM Neto.

Moro entrou no partido depois de dizer que desistia da candidatura presidencial, mas na sexta, 1°, disse que não tinha desistido de nada.

E uma ala do partido, justamente a que representa o ex-DEM, ameaça impugnar a filiação.

Fica claro que o melhor nome para o partido formado pelo ex-DEM e PSL deveria ser Desunião Brasil.

Toda essa confusão acontece quando a sigla perde 30 parlamentares em fuga, principalmente para o PL de Bolsonaro, aproveitando a janela partidária.

Continua após a publicidade

Desistir de desistir virou moda nesses grupos que tentam encontrar uma brecha na polarização entre o ex-presidente Lula e o presidente Bolsonaro.

A quinta amanheceu com o ninho tucano em chamas e rumores de bicadas entre eles.

João Dória teria desistido de ser candidato e desistido de renunciar ao governo do Estado.

Isso elevou a fúria do neo-tucano Rodrigo Garcia, candidato do PSDB ao governo do estado e vice de Dória, até aquele dia.

O presidente dos tucanos, Bruno Araújo, escreveu carta dizendo que Dória era o candidato.

No fim da tarde, ficou tudo como antes e Dória saiu do governo para ser candidato.

Na sexta, Araújo disse que o que está na carta pode ser mudado. O que jogou “leite” na candidatura de Dória.

Como a janela partidária fecha nesta segunda, 4, muita coisa ainda pode acontecer nesta reta final.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)