Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês
Publicidade

Notícias sobre Banco Central

Promotor do Ministério Público estadual pediu que denúncia fosse encaminhada ao STJ
É dever do Banco Central combater a inflação. Mas as vezes não parece.
A autoridade monetária admite desafios com a inflação e aponta pouco efeito da elevação dos juros no controle dos preços
VEJA Mercado: bolsas internacionais se recuperam e, no Brasil, olhos para a ata do Copom
Economia

Onde investir com a Selic nas alturas?

Por Luana Meneghetti Atualizado em 5 Maio 2022, 16h07 - Publicado em 5 Maio 2022, 13h27
Com o juros no patamar de 12,75% e as sinalizações do BC na continuidade do aperto monetário, os investimentos de renda fixa estão ainda mais atrativos
Economia

BC sobe juros pela décima vez consecutiva e Selic chega em 12,75% ao ano

Por Felipe Mendes Atualizado em 4 Maio 2022, 21h23 - Publicado em 4 Maio 2022, 19h17
Para conter inflação no país, autarquia sobe taxa de juros em 1 ponto percentual; é o maior patamar desde janeiro de 2017
Economia

Decisão do Copom pode levar os juros ao maior patamar em cinco anos

Por Larissa Quintino Atualizado em 5 Maio 2022, 23h08 - Publicado em 4 Maio 2022, 09h21
Mercado estima que BC aumente em 1 ponto a Selic, indo para 12,75% ao ano; última vez que a taxa esteve acima desse índice foi no início de 2017
Economia

Inflação continua a escalar e respinga no próximo ano

Por Luana Meneghetti Atualizado em 2 Maio 2022, 14h19 - Publicado em 2 Maio 2022, 12h06
Ano de 2022 já é dado como perdido pelo próprio Banco Central, mas o que começa a chamar a atenção são as projeções para 2023, com inflação acima de 4%
VEJA Mercado: investidores estão atentos às reuniões do BC, do Fed e do Banco da Inglaterra nesta semana
Candidato do PT faz recauchutagem de projeto de moeda única na América Latina, proposta por um ex-presidente peruano há quinze anos
Servidores dizem que promessas feitas pelo presidente do BC, Roberto Campos Neto, foram descumpridas. Entre elas, uma reunião com o ministro da Casa Civil
Economia

Por que o dólar teve sua maior disparada desde março de 2020

Por Felipe Mendes Atualizado em 23 abr 2022, 20h30 - Publicado em 22 abr 2022, 18h00
Conjuntura internacional de aumento de juros nos EUA e lockdowns na China por causa da Covid-19 fizeram moeda disparar 4,04% e fechar a R$ 4,80
Economia

Por que o presidente do BC de Bolsonaro pode respirar aliviado com Lula

Por Victor Irajá, Felipe Mendes Atualizado em 21 abr 2022, 13h15 - Publicado em 20 abr 2022, 14h36
Em caso de vitória nas urnas, a alta cúpula petista está decidida em não intervir nos rumos da autarquia monetária, comandada hoje por Roberto Campos Neto
Servidores anunciam suspensão da greve por tempo determinado em função das promessas do presidente do Banco Central
Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês