Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ronaldo festeja em Vegas: ‘O pai disso tudo é o Andrés’

Ex-craque do Corinthians viu jogo e comemorou em cassino antes do UFC 148

Por Davi Correia, de Las Vegas 5 jul 2012, 01h44

“Eu me sinto parte importante dessa mudança conceitual do Corinthians, dessa revolução estrutural também”

Um dos símbolos da reconstrução da imagem do Corinthians depois do rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o atacante Ronaldo não estava no Estádio do Pacaembu para ver a final da Libertadores de perto. O ex-craque viajou para Las Vegas, onde acompanha a luta entre Anderson Silva e Chael Sonnen, no UFC 148, no sábado. Ainda assim, Ronaldo não perdeu a partida – assistiu ao jogo no Hotel Encore, ao lado de muitos torcedores corintianos hospedados na cidade. De bermuda, tênis e camiseta, foi comemorar o título no cassino do hotel – e se disse “feliz demais” com um título conquistado “merecidamente” pelo ex-clube.

Ronaldo também acredita que o segredo para o Corinthians vencer a Libertadores foi voltar a jogar o torneio com grande frequência. “O importante é sempre estar participando. O Corinthians tinha ficado muito tempo fora da competição.” Ele admitiu ter uma pequena parte da responsabilidade pelo fortalecimento do clube nos últimos anos, mas não quis assumir a paternidade pela conquista inédita desta quarta. “O pai disso tudo é o Andrés Sanchez”, disse, citando o ex-presidente do clube, de quem é muito amigo. “Eu me sinto parte importante dessa mudança conceitual do Corinthians, dessa revolução estrutural também. O Corinthians é o que é hoje graças a essa mudança inteira. E o mais importante foi esse pontapé inicial do Andrés.”

Publicidade