Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Primeiro da fila do Tobogã ainda espera por ingresso para final

Por Da Redação
5 jul 2012, 04h18

O grande número de torcedores sem ingresso para a final da Copa Libertadores diante do Boca Juniors é uma das preocupações da diretoria do Corinthians, mandante do jogo marcado para as 21h50 (de Brasília) desta quarta-feira, no Pacaembu. Primeiro da fila do setor do tobogã, o empresário Sidney Santos ainda espera sua entrada.

‘Estou aqui na esperança de poder acompanhar e vibrar com a conquista do Coringão. Dois primos meus que moram em São Paulo ficaram de comprar ingresso para mim, mas ainda não sei se conseguiram’, afirmou Sidney pouco antes das 18h, portanto uma hora antes da abertura dos portões.

Mesmo sem ingresso garantido, o torcedor saiu da cidade paranaense de Ivaiporã ainda na última terça-feira, de ônibus. Ele chegou a São Paulo por volta das 6h e veio direto à região do Pacaembu. De acordo com Sidney, a fila começou a ser formada às 12h30.

‘Independentemente de qualquer coisa, já estou aqui no local combinado para encontrar os meus parentes que moram em São Paulo, à espera do ingresso para essa decisão’, declarou o empresário, que fez amizade com os outros corintianos da fila.Impossibilitado de ir ao banheiro, Sidney procurou ingerir poucos líquidos nas últimas horas para evitar o risco de perder seu lugar. Um dos novos amigos do torcedor de Ivaiporã assegurou que os primeiros da fila não urinaram nas ruas: ‘a gente não é disso!’.

Continua após a publicidade

Apesar de ainda não ter ingresso a poucas horas do início da partida, Sidney já sonha. ‘Vai ser 2 a 0 para o Coringão! Minha esperança é que o título seja decidido durante os 90 minutos. Caso contrário, esse coração vai bater descontroladamente’, disse, colocando a mão do lado esquerdo do peito.

No primeiro jogo da decisão da Copa Libertadores, disputado há uma semana na Bombonera, Boca Juniors e Corinthians empataram por 1 a 1. Uma nova igualdade na partida desta quarta-feira, com ingressos que se esgotaram rapidamente, leva a decisão para a prorrogação.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.