Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Isinbayeva detona ‘funeral’ do atletismo: ‘Puramente político’

Fora da Rio-2016, bicampeã olímpica do salto com vara fez duras críticas ao banimento do atletismo russo, envolvido em escândalo de doping

Imediatamente após o Tribunal Arbitral do Esporte (TAS, na sigla em francês) referendar o banimento do atletismo da Rússia na Olimpíada do Rio de Janeiro, políticos e esportistas do país se manifestaram contra a punição nesta quinta-feira. A bicampeã olímpica do salto com vara, Yelena Isinbayeva, foi bastante dura.

“Obrigada a todos por terem enterrado o atletismo. Isso é puramente político”, afirmou à agência de notícias estatal russa TASS. Em sua conta no Instagram, Isinbayeva foi ainda mais taxativa, com uma mensagem em russo.

Leia também:
Rússia acusa EUA de conspiração
COI adia decisão sobre punição à Rússia
Wada pede que COI exclua a Rússia da Rio-2016

“A esperança acabou. Que todos os atletas estrangeiros ‘pseudo-limpos’ possam respirar aliviados e ganhar suas ‘pseudo-medalhas de ouro’ na nossa ausência. O poder sempre foi temido” , atacou a russa.

A atleta de 34 anos já havia avisado que não aceitaria competir sob a bandeira neutra do Comitê Olímpico Internacional (COI), última brecha possível e, por isso, está oficialmente fora dos Jogos no Brasil.

Vitaly Mutko, Ministro dos Esportes da Rússia acusado diretamente de participação no escândalo, declarou que “a resolução é tendenciosa, um pouco politizada e não possui bases legais para ser aplicada”. “Infelizmente, um certo precedente foi estabelecido para a responsabilidade coletiva “, completou.

O porta-voz do governo, Dmitry Peskov, também criticou a punição geral. “Eu certamente lamento essa decisão do TAS. O princípio da responsabilidade coletiva é difícil de aceitar”.

 

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. toni bettine

    Ninguém aceita o ostracismo, mas fica de bico fechado quando os métodos ilícitos justificam os fins.

    Curtir

  2. It is known that dopping of athletes in USSR and the former east Germany had total support of those crook states and was not a punctual issue as it is normally. East Germany doesn´t exist anymore and Russia (former USSR) continue to apply this state policy as Putin, former KGB officer, can´t get rid of his haunting past

    Curtir

  3. Jorge Luís dos Santos

    É bom lembrar que a senhora Isynbaieva vive maritalmente com o presidente Pútin. As palavras dela são… dele também. A ciência ajuda quando métodos ilícitos não são conhecidos; e mais atrapalha quando são descobertos e divulgados. TRAPAÇA SÓ É TRAPAÇA QUANDO DESCOBERTA! Boa noite!

    Curtir

  4. Antonio Carlos de Lima Prado

    Tudo o que os russos ganharam foi na base do doping, assim até eu subo ao pódio. Tem mais é que ser banido mesmo, vcs desvirtuaram o esporte

    Curtir

  5. Fernando Maximo Araújo

    Assim como na ONU os EUA mandam também no COI e sempre tudo fará para denegrir a imagem da Russia ou por medo ou por ser impedido que seus braços imperialistas atinjam também a área de domínio Russo e ou Chinês. Náo há hoje no mundo maior estadista que Putim, há que respeitá-lo,.

    Curtir

  6. Leonardo Costa

    Isso é político e tem dedo dos EUA. Ano passado os EUA pediram para FIFA cancelar a Copa na Rússia, mas foi negado. Titio sam age igual a uma criança mimada.

    Curtir