Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Antes sem espaço, Marquinhos exalta força coletiva do time gremista

Por Da Redação
13 set 2011, 14h22

O ambiente no Grêmio é mais leve. Após três vitórias seguidas e um distanciamento da zona de rebaixamento, os gremistas sentem-se mais aliviados, mesmo que saibam que ainda tem muito para acontecer no Campeonato Brasileiro.

O técnico Celso Roth acertou a forma de jogar do time, fazendo com que jogadores pouco aproveitados por seus antecessores, como Escudero e Marquinhos, crescessem individualmente.

‘Cada um vem fazendo o seu papel aqui. Gostamos de ser valorizados. Todos têm esse pensamento, desde que o coletivo se valorize e depois cada peça seja valorizada. Estou bem à vontade, conseguindo mostrar aqui o que mostrei por onde passei’, comentou Marquinhos.

O décimo segundo lugar no Brasileirão é uma posição ainda bem abaixo do planejado no começo do torneio, mas é uma evolução em relação ao quadro que se desenhava antes da chegada de Roth. Mesmo que se festeje a melhora da equipe dentro de campo e na tabela, há no Olímpico a sensação de que é preciso fazer mais e brigar por posições mais honrosas na classificação.

Continua após a publicidade

‘Temos que manter os pés no chão. Demos alguns passos na competição, mas não tem nada resolvido. Estamos no meio da tabela e no Grêmio tem que brigar lá na frente’, comentou Marquinhos.

O Grêmio está a sete pontos da zona da Libertadores e a 13 do líder Corinthians. No momento, não se faz projeção no clube sobre o futuro. A ideia é manter o crescimento jogo a jogo, sempre tendo a esperança de repetir o desempenho do segundo turno do ano passado, quando em uma grande arrancada o Tricolor abocanhou uma vaga no principal torneio do continente.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.