Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

TSE ainda julga ações do pleito de 2004

Por Jadyr Pavão
7 abr 2008, 13h37

O Brasil já se prepara para as eleições municipais de 2008, mas muitas cidades continuam a discutir pendências do pleito de 2004, revelou nesta segunda-feira reportagem do jornal O Estado de S. Paulo. As ações em curso na Justiça Eleitoral dizem respeito a prefeitos cassados que recorreram da decisão e a candidatos derrotados que buscam reverter o resultado das urnas. Só nos últimos 30 dias, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se manifestou sobre 88 recursos diretamente ligados a prefeitos eleitos em 2004.

Em 2008, o Tribunal já consumou 2.176 ações ¿ uma média de 29,8 por dia ¿ entre distribuição e redistribuição de processos, interposição de recursos, julgamentos e tomadas de decisões. O futuro ministro do TSE Carlos Ayres Britto (foto) diz ser normal a existência de tantos processos, mas reconheceu que há exagero por parte dos políticos na apresentação de recursos. Segundo a reportagem, ele ressaltou que a Justiça Eleitoral precisa julgar todos os processos “antes do término do mandato, das eleições subseqüentes”.

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.