Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Publicidade

Notícias sobre IBGE

Preço do item subiu 4,83%, mas apresentou alta menos acelerada que no mês anterior; IPCA 15 é o maior para o mês em quatro anos
Índice levado em consideração para reajuste ficou abaixo do projetado pelo mercado
Feijões branco e carioca foram os itens que tiveram maior variação de preço, após subirem muito no 1º tri; das 20 maiores altas, 13 são de cortes bovinos
Compras em supermercado
Economia

Inflação oficial do país fecha 2019 em 4,31%

Por Larissa Quintino
Índice acelerou no fim do ano, e superou o centro da meta, que era de 4,25%; disparada no preço das carnes no fim do ano pesou no bolso do consumidor
Foi o primeiro recuo registrada pelo instituto em três meses; setor de veículos e alimentos puxaram o resultado negativo do período
Apesar da queda, falta de emprego ainda aflige 11,9 milhões de pessoas
Disparada no preço das carnes foi o que puxou o resultado do IPCA-15 para cima; resultado é o maior para um mês desde junho do ano passado
Quatro das cinco atividades pesquisadas apresentaram crescimento no mês, com destaque para serviços de informação e comunicação, segundo o IBGE
Milho e soja devem puxar a produção para cima no ano que vem; em 2019, é esperado recorde de 240,8 toneladas, superando a marca de 2017
Alta dos preços puxou a aceleração do IPCA em novembro; jogos de loteria também tiveram alta
Publicidade