Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Brasil perde para Polônia e está fora da Liga Mundial

Por Da Redação
5 jul 2012, 14h34

Por AE

Sófia – O sonho da seleção brasileira masculina de vôlei de conquistar o 10º título da Liga Mundial em 2012 acabou nesta quinta-feira. Em Sófia, na Bulgária, a equipe dirigida por Bernardinho sofreu a segunda derrota na fase final do torneio e foi eliminada no Grupo F do torneio ao perder para a Polônia por 3 sets a 2, com parciais de 23/25, 25/23, 23/25, 25/17e 15/10.

O resultado deixou o Brasil com apenas um ponto no Grupo F, já que a equipe havia perdido para Cuba por 3 sets a 0 na quarta-feira. Assim, já classificadas para as semifinais da Liga Mundial, as seleções polonesa e cubana vão disputar a primeira colocação da chave na sexta. Assim, a equipe dirigida por Bernardinho sofreu uma rara eliminação precoce.

A derrota desta quinta confirmou o recente retrospecto ruim do Brasil diante da Polônia. Na fase de classificação, as equipes disputaram o Grupo B, com amplo domínio dos poloneses, que conquistaram três vitórias e sofreram apenas uma derrota para a seleção brasileira.

Fora da Liga Mundial, o Brasil se concentra agora na reta de final de preparação para a Olimpíada de Londres. Em 2008, nos Jogos de Pequim, a equipe ficou com a medalha de prata ao perder para os Estados Unidos na final.

Continua após a publicidade

O JOGO – A acachapante derrota para Cuba por 3 sets a 0 levou Bernardino a realizar algumas mudanças na equipe titular para o duelo com a Polônia, apostando na experiência de Giba e Rodrigão. Assim, o Brasil começou o jogo com Bruno, Leandro Vissotto, Lucão, Rodrigão, Murilo e Giba, além do líbero Serginho. Wallace, Ricardinho e Dante entraram durante o duelo.

O principal destaque da partida foi Kurek, que marcou 25 pontos para a Polônia, quatro a mais do que Bartman. Já Leandro Vissotto fez 16 pontos para o Brasil, um a mais do que Rodrigão e Lucão.

A Polônia começou melhor a partida desta quinta-feira e foi ao primeiro tempo técnico em vantagem de três pontos. O Brasil, porém, conseguiu equilibrar o duelo, assumiu a dianteira do placar (12/11) e venceu o primeiro set por 25/23, com o último ponto sendo marcado por Wallace.

Embalado pela vitória na primeira parcial, o Brasil liderou o placar durante quase todo o segundo set. Assim, foi aos dois tempos técnicos à frente – 8/6 e 16/14. A Polônia, porém, conseguiu equilibrar o duelo e venceu por 25/23.

Continua após a publicidade

A derrota não abalou o Brasil, que dominou o terceiro set, fez 8/4 na primeira parada técnica e ampliou para oito pontos (16/8) a sua vantagem na segunda. A Polônia esboçou uma reação, encostou no placar ao se aproveitar dos erros da equipe de Bernardinho, mas não evitou a vitória brasileira por 25/23.

Batida na terceira parcial, a Polônia reagiu no quarto set e liderou o placar desde o começo. Assim, fez 8/5 no começo e chegou a abrir 21/15. Com extrema facilidade, a equipe empatou o duelo em 2 sets a 2 com a vitória por 25/17.

A Polônia manteve o domínio da partida no tie-break e liderou o placar desde o início. Na virada de quadra, os poloneses venciam por 8/5 e acabaram triunfando por 15/10 para eliminar o Brasil na Liga Mundial e confirmar a condição de algoz da equipe de Bernardinho nesta edição do torneio.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.