Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Prefeito de Toronto divide sentimentos da cidade

Após Rob Ford ter admitido que fumou crack, há moradores que querem sua renúncia e outros que defendem sua permanência

Por Da Redação 7 nov 2013, 07h47

A população de Toronto está com os sentimentos divididos em relação ao prefeito Rob Ford, que admitiu ter fumado crack. Enquanto centenas de pessoas protestaram nesta quarta-feira diante da prefeitura de Toronto para exigir a renúncia do prefeito, o jornal Toronto Sun chegou às bancas com a manchete “Rob Ford, Global Stuporstar” (Rob Ford, estrela global infame, em tradução livre) e estampando uma foto do prefeito sorrindo. Apesar das críticas e protestos para que ele deixe o comando da cidade, Ford já emitiu sinais que não irá renunciar, e há na cidade uma parcela da população que o defende.

“Ele é humano. Todos nós cometemos erros”, disse um morador de Toronto à emissora canadense CBC. “Se ele fuma e economiza dinheiro, vou votar nele, mesmo se ele é um vagabundo”, disse outro morador à mesma emissora. De fato, segundo a rede CNN, uma pesquisa sugere que os índices de aprovação de Ford realmente subiram nos dias que antecederam a sua confissão na terça-feira, após meses de negativas. Mesmo depois das denúncias e do vídeo que o mostrava fumando crack ter vindo à tona, cerca de 10 000 simpatizantes compareceram ao churrasco anual da família Ford em Toronto, informou a CBC. “Ele é uma pessoa extraordinária e as pessoas têm colocado a sua fé nele”, disse a vereadora Denzil Minnan-Wong à CNN.

Leia também

“Sim, eu fumei crack”, diz prefeito de Toronto

Prefeito de Toronto se desculpa por escândalo mas segue no cargo

Reprodução de quadro do vídeo que mostra o prefeito Rob Ford na companhia de supostos traficantes
Reprodução de quadro do vídeo que mostra o prefeito Rob Ford na companhia de supostos traficantes VEJA
Continua após a publicidade

Se não bastasse o problema com as drogas, Ford já foi criticado por comentários infelizes, interpretados como racistas, homofóbicos e misóginos, de acordo com o jornal Toronto Star. Mas ele também conseguiu alguns êxitos na administração da cidade, incluindo reformas fiscais. A imprensa canadense também faz um paralelo do caso de Ford com o do prefeito de Washington DC, Marion Barry, que em 1990 foi flagrado fumando crack por uma operação policial. Depois de uma queda de popularidade vertiginosa e seis meses de prisão, Barry elegeu-se para o Conselho Municipal de Washington (a Câmara de Vereadores) sob o lema: “Ele pode não ser perfeito, mas é perfeito para DC”. Barry, então, concorreu para prefeito novamente em 1994 e foi eleito para um novo mandato de quatro anos.

Entre os pontos em comum, ambos possuem uma propensão para se envolverem em confusões e falarem coisas desagradáveis; e ambos também possuem defensores ardorosos em suas comunidades. “Ele [Ford] ama a cidade e quer representá-la como prefeito”, disse a vereadora de Toronto, Jaye Robinson. Mas Robinson reconhece que, apesar do apoio contínuo entre sua base, é hora de Ford lidar com seus problemas pessoais. “Realmente esse caso não foi bem aceito entre os moradores. Muitos estão fartos e gostariam de vê-lo renunciar”, disse.

Na terça-feira, Rob Ford admitiu finalmente ter consumido crack, meses depois de aparecer em um vídeo fumando cachimbo em um local famoso em Toronto por ser ponto de tráfico e consumo de drogas. “Sim, eu fumei crack”, declarou o prefeito. “Sei que incomodei todo mundo nesta cidade e lamentarei isto para sempre, mas fui eleito para realizar um trabalho e é exatamente o que continuarei fazendo”, disse. “Cometi erros e a única coisa que posso fazer, neste momento, é apresentar meu pedido de desculpas e seguir adiante”, acrescentou.

(Com agência AFP)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês