Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Papa demonstra preocupação com ausência da figura paterna na sociedade atual

Por Da Redação - 23 maio 2012, 12h00

Cidade do Vaticano, 23 mai (EFE).- O papa Bento XVI expressou nesta quarta-feira sua preocupação pela ausência ‘cada vez maior’ da figura paterna na sociedade atual e afirmou que a falta de um pai na vida de um filho ‘é um grande problema do nosso tempo’.

O pontífice fez estas declarações perante as 30 mil pessoas que estiveram na Praça de São Pedro do Vaticano para a audiência pública das quartas-feiras.

‘Talvez o homem de hoje não perceba a beleza, a grandeza e o consolo profundo contido na palavra ‘pai’, com a qual nos podemos dirigir a Deus em nossas rezas, e isso se deve ao fato de a figura paterna não estar suficientemente presente na vida diária e também não ser suficientemente positiva’, afirmou o papa.

O Bispo de Roma ressaltou que ‘a ausência do pai na vida de uma criança é um grande problema de nosso tempo e por isso é muito difícil entender em profundidade que Deus é um pai para nós’.

Publicidade

Acrescentou que poder chamar Deus de pai ‘é um dom inestimável, já que não só reconhecemos nele o Criador, mas também a quem nos conhece pelo nome, cuida sempre de nós e nos ama imensamente, como ninguém no mundo é capaz de amar’.

Bento XVI também manifestou durante a audiência que o cristianismo ‘não é uma religião do medo, mas da confiança e do amor ao Pai que nos ama’. EFE

Publicidade