Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Morre no hospital menina estuprada e torturada na Índia

Criança de quatro anos foi violentada por homem de 35 anos em uma granja

Uma menina de quatro anos que foi estuprada e torturada há duas semanas morreu em um hospital da Índia, anunciaram fontes médicas nesta terça-feira. A criança, que não reagia mais aos medicamentos, teve uma parada cardíaca.

“Morreu vítima de uma parada cardíaca às 19h45 de segunda-feira. Seu estado piorou e a pressão arterial caiu. Não reagia aos medicamentos”, afirmou P.A. Siram, porta-voz do Care Hospital de Nagpur, no estado de Maharashtra Oeste.

Leia também:

Leia também: Parlamento da Índia aprova legislação mais severa contra estupro

A menina havia sido encontrada inconsciente pelos pais no dia 18 de abril, no estado de Madhya Pradesh (centro), um dia depois de ter sido violentada, segundo a polícia, por um homem de 35 anos que a deixou abandonada em uma granja. A polícia prendeu um suspeito no estado de Bihar (noroeste).

A tragédia é mais uma de uma longa lista de agressões covardes contra meninas e mulheres que chocaram a Índia. Em 15 de abril, uma menina de cinco anos foi sequestrada em Nova Délhi e estuprada diversas vezes por um agressor. O caso provocou protestos na capital contra os crimes sexuais e denúncias contra a aparente inércia policial para investigar as agressões.

Saiba mais:

Saiba mais: Estupro coletivo de jovem incentiva transformação na Índia

Em dezembro, o país foi abalado pela morte de uma estudante de Medicina de 23 anos depois de um estupro coletivo em um ônibus de Nova Délhi. O caso provocou protestos violentos em várias partes da Índia.