Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Chávez reaparece e promete vitória ‘sem precedentes’

Por ho - 23 maio 2012, 06h54

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, prometeu nesta terça-feira uma vitória “sem precedentes” nas eleições de outubro próximo, durante sua primeira aparição pública desde o regresso de Cuba, há onze dias, onde foi submetido ao último ciclo de radioterapia contra um câncer.

“Vão ser derrotados em todas as frentes, a derrota que vamos aplicar não terá precedentes na história política deste país”, afirmou Chávez durante uma reunião do gabinete transmitida pela TV estatal.

Chávez, que tentará a reeleição para um terceiro mandato no dia 7 de outubro, destacou que seu governo é a “garantia da paz”, e advertiu que se a oposição vencer a Venezuela cairá na “violência, na loucura e na instabilidade”.

Dizem que “não vou ser candidato, que Chávez não pode, não sabe, que anda nas núvens (…) mas são vocês (oposição) que andam nas núvens”.

Publicidade

O presidente, que não aparecia na TV desde que voltou de Havana, no dia 11 de maio, estava de bom humor e ficou “no ar” por mais de duas horas.

No poder desde 1999, Chávez enfrentará nas eleições de outubro o opositor Henrique Capriles Radonski, governador do rico estado de Miranda.

O presidente, 57 anos, foi submetido a vários ciclos de radioterapia em Havana após ter sido operado para retirar um tumor maligno, em fevereiro passado, no mesmo local onde teve um câncer diagnosticado em junho de 2011.

O líder venezuelano não permite que se revele o local e o tipo de câncer que o afetou.

Publicidade