Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

‘Super 8’ traz referências a clássicos de Spielberg

Por Da Redação
10 ago 2011, 10h20

Por AE

São Paulo – Nos anos 1970 e 1980, Steven Spielberg dirigiu e produziu clássicos que marcaram toda uma geração, como “Contatos Imediatos de Terceiro Grau” (1977), “E.T. – O Extraterrestre” (1982), “Goonies” (1985) e “Indiana Jones e os Caçadores da Arca Perdida” (1981). É justamente essa sensação de nostalgia que o público vivencia no longa “Super 8”, escrito e dirigido por J.J. Abrams (das séries “Alias” e “Lost” e do remake de “Jornada nas Estrelas”), com produção, não por acaso, de Spielberg.

Uma das principais estreias da próxima sexta, dia 12, “Super 8” é uma espécie de homenagem a tudo o que de mais legal se produziu entre as décadas de 70 e 80. Veja se a história lhe soa familiar. Em 1979, cinco amigos, com idades entre 13 e 15 anos, resolvem aproveitar as férias para produzir um filme sobre zumbis. Cada um deles tem um estereótipo definido. O diretor é Charles (Riley Griffiths), um gordinho que só pensa nas melhores imagens. Joe Lamb (Joel Courtney), seu melhor amigo, é especialista em maquetes e maquiagens de zumbis. Cary (Ryan Lee) é piromaníaco e responsável pelas explosões e efeitos especiais. Martin (Gabriel Basso) e Preston (Zach Mills) são os atores. Eles escalam ainda a bela Alice Dainard (interpretada pela irmã mais nova de Dakota Fanning, Elle, de 13 anos), para ser a mocinha indefesa.

Os inseparáveis amigos se metem em diversas situações, tanto para arranjar locações, quanto para escapar dos perigos que um acidente de trem traz à cidade. A amizade dos personagens juvenis é bastante semelhante à que os garotos do divertido “Goonies” cultivavam. Por outro lado, o longa é muito mais sombrio e assustador. Por isso, deve agradar aos mais jovens – mas sem perder aquele ar de filme oitentista que certamente despertará a memória afetiva dos mais velhos.

Continua após a publicidade

A história se desenrola após um misterioso acidente de trem ocorrer no momento em que os garotos estão gravando uma cena. Uma carga estranha é jogada para fora. Depois disso, pessoas começam a desaparecer numa pequena cidade do Estado de Ohio. A cena do acidente, aliás, é espetacular: vagões em chamas são arremessados enquanto os meninos correm em meio a destroços, fugindo da morte iminente. Enquanto isso, a câmera super 8 deles fica ligada e registra tudo.

O alien de “Super 8” não carrega nada do fofo E.T. de Spielberg. Trata-se de um monstrengo assustador, que é mostrado poucas vezes no filme, deixando no ar aquela sensação de suspense. Mas, no fundo, tudo o que ele quer é voltar para casa. As cenas da aeronave do alien parecem ter saído diretamente de “Contatos Imediatos de Terceiro Grau”. As cenas de perseguição também parecem inspiradas em “Indiana Jones” e “De Volta para o Futuro”. Uma dica: não vá embora assim que o filme acabar. Fique para ver os créditos subirem na tela. Uma divertida surpresa fará valer a pena ficar alguns minutos a mais na sala de projeção. As informações são do Jornal da Tarde.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.