Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Fukushima liberou 168 vezes mais césio que bomba de Hiroshima

Por Da Redação Atualizado em 6 Maio 2016, 17h02 - Publicado em 25 ago 2011, 12h18

A quantidade de césio radioativo liberada em 11 de março passado da central nuclear japonesa de Fukushima foi 168 vezes mais forte do que a liberada pela bomba atômica de Hiroshima em 1945, afirmou nesta quinta-feira o jornal Tokyo Shimbun. A publicação, que diz basear-se em estimativas do governo, informa que os reatores danificados pelo tsunami liberaram até agora 15.000 terabecquerels (unidade de medida para radioatividade) de césio 137.

Em agosto de 1945, a bomba atômica largada pelo exército americano sobre a cidade de Hiroshima liberou instantaneamente na atmosfera 89 terabecquerels deste isótopo, cujo período radioativo é de 30 anos, acrescentou o jornal. “Em teoria, a quantidade de césio 137 liberado pela central de Fukushima é, portanto, 168,5 vezes mais importante que a da bomba americana”, conclui o periódico, acrescentando que a estimativa foi feita pelo governo a pedido de uma comissão parlamentar.

No entanto, a comparação termina aí, já que a bomba atômica provocou 140.000 mortos, em um primeiro momento, pelo calor ou a onda da explosão, e nos meses seguintes pelos efeitos das radiações. O acidente de Fukushima no momento não causou morte alguma.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade