Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.
Publicidade
Mundialista Por Vilma Gryzinski Se está no mapa, é interessante. Notícias comentadas sobre países, povos e personagens que interessam a participantes curiosos da comunidade global. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.
Advogados brilhantes, táticas bombásticas e estratégias eleitorais, senadores que se odeiam e são odiados e presidente explosivo; pena que o assunto é chato
Harry e Meghan vão faturar, badalar com celebridades e talvez até virar os duques da Netflix, mas nada perto do que fizeram seu tio-bisavô e Wallis Simpson
Ele tentou impor as próprias regras e mais do que insinuou uma chantagem contra a própria família; deu absolutamente errado
Lev Parnas, uma figura do lado cinza da força, muda de lado e passa a colaborar com os que querem fritar o presidente; e não é a única má notícia para ele
Estão pesadas as intrigas do Vaticano, a reaparição conturbada do aposentado Bento XVI provocou situação inédita e o celibato sacerdotal está no centro
Contra tudo e contra todos, inclusive os antitrumpistas que decretaram prematuramente sua morte, manifestantes iranianos desafiam regime brutal
Trump continua presidente, Soleimani continua morto e Irã saiu da falsa situação de vítima para acobertar, precariamente, a derrubada de avião
Nunca Elizabeth manifestou uma reação tão forte, mas também nunca levou um desaforo tão grande quanto um 'pedido de demissão' sem aviso prévio
Infelizes, emburrados e até desequilibrados, o príncipe e sua 'duquesa difícil' criaram situações complicadas para si mesmos e para a família real
Irã nunca permitirá uma investigação neutra da queda do Boeing, tragicamente coincidente com momento de risco máximo de que a situação pegasse fogo
Publicidade