Blogs e Colunistas

domingo, 3 de junho de 2012

6:05 \ Brasil

Jogo sujo

Joaquim em risco

Na mesa de José Sarney, na presidência do Senado, está sob análise um pedido de impeachment de Joaquim Barbosa, relator do escândalo do mensalão. É, evidentemente, coisa de mensaleiro. Mas todo cuidado é pouco.

Por Lauro Jardim

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

124 Comentários

  • Araújo Magno

    -

    19/6/2013 às 9:57

    Diógenes de Sínope até hoje estaria com sua lanterna em busca do homem verdadeiro. Não é bom jogarmos todas nossas fichas em um nome ou personalidade. Lembram-se de Demostenes Torres? Pois, bem; ao ler essa notícia fui ao google tentar conhecer melhor o senhor Joaquim Barbosa e não gostei do que vi. Não vejo como uma pessoa com o ego tão inflado e um emocional descontrolado pode ser endeusado dessa forma. E sim, pelo que eu li ele pode sim sofrer impugnação do cargo. Aliás o comportamento desrespeitoso dele para com os próprios colegas, instituições e publico geral. Para quem quiser ver a representação contra ele, segue a petição:

    IMPEACHMENT CONTRA JOAQUIM BARBOSA
    Em 05 de dezembro de 2012 o Advogado Wilson Rodolpho de Oliveira protocolou, na Presidência do Senado Federal, um pedido de impeachment contra o ministro Joaquim Barbosa, Presidente do Supremo Tribunal Federal.
    A cópia desse pedido está abaixo para quem quise ler.

    ***************************************************

    Excelentíssimo Senhor Presidente do Senado Federal da República Federativa do Brasil

    Representação contra Ministro do Supremo Tribunal Federal
    Por crime de responsabilidade
    Com pedido de impeachment

    Representante
    Wilson Rodolpho de Oliveira

    Representado
    Joaquim Benedito Barbosa Gomes
    Ministro Presidente do Supremo Tribunal Federal
    Praça dos Três Poderes–Edifício Sede–3ºandar–Brasília/DF–70175-900

    Crime de responsabilidade
    Lei Federal nº 1.079/50, artigo 39, número 5

    Wilson Rodolpho de Oliveira, cidadão brasileiro acima qualificado, com base na Lei Federal nº 1.079/50, artigo 39, número 5, e na Constituição Federal, artigo 52, inciso II, representa contra Joaquim Benedito Barbosa Gomes, acima qualificado, nos termos que se seguem.

    1. “A palavra matemática tem dez letras”.

    2. “A palavra matemática tem seis letras”.

    As duas sentenças acima são absolutamente verdadeiras, de acordo com a “Teoria do Type-Token”, de Charles Sander Peirce, in “Collected Papers”.

    O aqui representado, Joaquim Barbosa, desde que ingressou no Supremo Tribunal Federal, professou, de modo distorcido, o “Type-Token”, pois ele tem uma verdade para uso pessoal e em benefício próprio, e outra verdade que, tal como, uma imensa clava do homem pré-histórico, ele usa para quebrar a cabeça alheia.

    De fato, desde que ingressou no Supremo Tribunal Federal, em 25 de junho de 2003, até o presente momento, Joaquim Barbosa proferiu milhões de ofensas, injúrias, difamações, calúnias, contra praticamente todos os Ministros daquela Corte Suprema, e sempre perante as câmeras da TV Justiça.

    Vejamos algumas:

    Contra o Ministro Gilmar Mendes, em razão da liminar em Habeas Corpus por este concedida em favor de Daniel Dantas, em pé, gesticulando, esbravejando, berrando histericamente, Joaquim Barbosa, em sessão plenária do STF, transmitida ao vivo pela TV Justiça, perante toda a Nação, gritou que o Ministro Gilmar Mendes era “a vergonha do Judiciário brasileiro”.

    Só isso já era suficiente para mandar Joaquim Barbosa para o hospício ou para a cadeia, pois o Supremo Tribunal Federal não é botequim de pinga para tolerar uma asquerosa conduta como essa.

    Em sessão no TSE, em agosto de 2008, Joaquim Barbosa, praticou o crime de injúria contra idoso, parágrafo 3º, do artigo 140, do Código Penal, punível com até três anos de reclusão, ao chamar o Ministro Eros Grau de “velho caquético”.

    E, além disso, tentou agredir fisicamente o Ministro Eros Grau, só não conseguindo porque foi contido pelos outros Ministros.

    Só por isso, Joaquim Barbosa já devia ter sido expulso do Supremo Tribunal Federal e ido para a cadeia.

    Em outra ocasião, Joaquim Barbosa acusou publicamente o Ministro Marco Aurélio de fraude na distribuição de processos, e o Ministro Marco Aurélio provou que essa acusação era falsa.

    Também em outra ocasião, Joaquim Barbosa vociferou histericamente contra o ex Ministro do STF Maurício Corrêa, acusando-o do crime de tráfico de influência. Maurício Corrêa fez interpelação criminal contra Joaquim Barbosa, e este, tremendo de medo, se acovardou, se retratou, e pediu desculpas a Maurício Corrêa.

    Em 20 de abril de 2012, em entrevista para o jornal O Globo, Joaquim Barbosa injuriou, difamou e caluniou o Ministro César Peluso, dizendo que este era “caipira”, “racista”, e que “manipulava acórdãos”.

    Esses exemplos são apenas uma pequena amostra das barbaridades, uma amostra do comportamento psicopata e paranóico de Joaquim Barbosa, no interior da mais alta Corte de Justiça do país, e, como cidadão brasileiro, não admito mais a perpetuação dessa conduta escandalosa e criminosa de Joaquim Barbosa, que torna o país alvo de galhofa de toda comunidade internacional.

    Expulsão imediata do Supremo Tribunal Federal é o que se exige contra esse elemento chamado Joaquim Barbosa.

    Há anos que venho esperando uma atitude direta das autoridades no sentido de dar um basta a esta pouca vergonha, a este inferno instaurado no Supremo, mas ninguém tomou providência, e Joaquim Barbosa mais e mais avança nos abusos, confiante na impunidade.

    De minha parte eu digo: Basta! Cadeia para Joaquim Barbosa! Expulsão do Supremo! Pois agora ele ultrapassou todos os limites no que diz respeito à profissão que exerço: a profissão de Advogado.

    Ele praticou, no dia 15 de agosto de 2012, na sessão plenária do STF, um atentado, um crime, contra toda a Advocacia deste país.

    Ele, Joaquim Barbosa, o xingador absoluto, o monstro do xingo, que xinga a todos, se sentiu magoado, ofendido, com expressões usadas por três Advogados (ASP, LMA e CG) de réus na ação penal 470 (mensalão), e, tomado pela paranóia absoluta, berrou que a Nação inteira tinha sido ofendida pelos Advogados, que o Supremo tinha sido ofendido pelos Advogados, e que o Plenário deveria mandar representação para instauração de processo disciplinar contra esses três Advogados.

    Joaquim Barbosa, o xingador, quebrou a cara, pois foi energicamente repelido por todos os Ministros, com exceção de Luiz Fux, que comungou com ele integralmente, mostrando-se partidário da relativização das prerrogativas profissionais dos Advogados.

    O Ministro Celso de Melo, em longa e enfática exposição, reduziu a pó a histérica pretensão de Joaquim Barbosa.

    Frustrado em sua paranóica intenção de violar a Constituição Federal, de violar o Estatuto da Advocacia, Joaquim Barbosa investiu contra os Ministros, colegas de Corte, declarando: “Cada pais tem o modelo, o tipo de justiça que merece, justiça que se deixa agredir, se deixa ameaçar por uma guilda ou membro de uma determinada guilda já se sabe qual é o fim que lhe é reservado.”

    E, ao ser aparteado pelo Ministro Marco Aurélio que disse que não se sente ameaçado, Joaquim Barbosa ataca o Ministro Marco Aurélio, dizendo (verbis):

    “Vossa Excelência provavelmente faça parte …”

    E Joaquim Barbosa ainda concluiu, e mais uma vez ofendeu toda a classe dos Advogados:

    “Lamento muito que nós como brasileiros tenhamos que carregar ainda certas taras antropológicas como essa do bacharelismo. A Corte Suprema do país diante de uma agressão clara contra um de seus membros entende que isso não tem nenhum significação.”

    E eu disse: Falta alguém no hospício. O Joaquim Barbosa tem que ser internado imediatamente, pois ele acha que uma ofensa feita a ele por um Advogado, é uma ofensa contra o Brasil. Mas a ofensa que ele fez contra o Ministro Eros Grau, chamando esse Ministro de “velho caquético”, Joaquim Barbosa, na ótica dele, acha que é um direito dele, desse grande xingador, direito do qual ele não abre mão.

    Acontece que essa proposta, essa exigência, essa imposição que Joaquim Barbosa fez ao Supremo Tribunal Federal para representar disciplinarmente perante a OAB contra os três Advogados, foi feita em sessão pública do Plenário do Supremo e transmitida para todo o Brasil pela TV Justiça, tendo milhões de brasileiros assistido à degradação, à humilhação dos Advogados.

    Com esse ato, Joaquim Barbosa praticou o crime de violação de sigilo, pois o processo disciplinar na OAB corre integralmente em sigilo, conforme determina a Lei Federal nº 8.906/94 – Estatuto da Advocacia – artigo 72, parágrafo 2º.

    Além disso, naquele mesmo momento, Joaquim Barbosa praticou o crime de prevaricação, Código Penal, artigo 319, pois impediu o Advogado de protestar contra a degradação de que estava sendo vítima publicamente.

    Praticar ato de ofício contra expressa disposição de lei, para satisfazer sentimento pessoal, como fez Joaquim Barbosa, é crime de prevaricação, Código Penal, artigo 319.

    A lei nº 8.906/94 determina:

    Artigo 7º – São direitos do advogado:
    Inciso X – usar da palavra, pela ordem, em qualquer juízo ou tribunal, mediante intervenção sumária … para replicar acusação ou censura que lhe forem feitas;

    Joaquim Barbosa mandou o Advogado calar a boca, violando esse direito, dizendo: “o seu momento de falar foi na sustentação oral; não lhe dou o direito de falar agora”.

    Acontece que, na sustentação oral, o Advogado estava defendendo o seu cliente, e não a si próprio. Ali, era o Advogado que estava sendo acusado, e estava sendo vítima do crime de violação de sigilo, perante todo o país, crime esse praticado por Joaquim Barbosa.

    O que o Advogado deveria ter feito era dar voz de prisão a Joaquim Barbosa, pela prática de violação de sigilo.

    “Power: A Radical View” é o que me vem à mente quando presencio as alucinações de Joaquim Barbosa.

    Nessa obra, Steven Lukes expõe a “Teoria Tridimensional do Poder”, que é a de fazer o que é proibido, não fazer o que é obrigatório, e manipular a opinião pública.

    Joaquim Barbosa é fanático por essa última parte: se arreganha todo perante a imprensa, como um palhaço desengonçado.

    O Advogado é inviolável no exercício da profissão, na forma da lei: Constituição Federal, artigo 133.

    Pedidos

    Diante de todo o exposto, estando caracterizado o crime de responsabilidade, artigo 39, número 5, da lei nº 1.079/50, requer seja instaurado imediato processo, e, com respaldo no artigo 57, letras ‘a’, ‘b’ e ‘c’, da Lei nº 1.079/50, seja Joaquim Benedito Barbosa Gomes liminarmente afastado da Presidência do Supremo Tribunal Federal, bem como do cargo de Ministro daquela Corte Suprema, até sentença final.

    E, ao final, requer, seja Joaquim Benedito Barbosa Gomes condenado pelo crime de responsabilidade, e exonerado do cargo de Ministro do Supremo Tribunal Federal.

    Junta DVD com a gravação da sessão plenária do STF do dia 15 de agosto de 2012.

    Termos em que
    Pede urgente
    E inadiável
    Deferimento

    Wilson Rodolpho de Oliveira

    MILIPA e Wilson Rodolpho de Oliveira
    Enviado por MILIPA em 20/12/2012
    Código do texto: T4045670
    Classificação de conteúdo: seguro

  • fernando rossi

    -

    5/10/2012 às 10:27

    SIMPLESMENTE , I N A C R E D I T A V EL , que essa noticia possa ser verdade !!!!!!!!!!!!!!!!!! ?????????????????????? Se de fato ocorrer não nos resta outra alternativa , se não : QUEM SAIR POR ULTIMO APAGUE AS LUZES FR

  • Cristiana C.

    -

    3/10/2012 às 10:11

    Primeiramente há de se fazer algumas considerações; senão vejamos:
    Impeachment ou impugnação de mandato é um termo do inglês que denomina o processo de cassação de mandato do chefe do poder executivo pelo congresso nacional, pelas assembleias estaduais ou pelas câmaras municipais. A denúncia válida pode ser por crime comum, crime de responsabilidade, abuso de poder, desrespeito às normas constitucionais ou violação de direitos pétreos previstos na constituição.
    A punição varia de país para país. No Brasil, o artigo 85 da Constituição Federal define quais são os crimes de responsabilidade aplicáveis ao Presidente da República[1], e o procedimento de impeachment é regulado pela lei 1 079/50, que, em seu artigo 2º, estabelece atualmente o período máximo de cassação em cinco anos.

    O impeachment serve para pôr fim ao mandato de um representante político.
    Para que se desencadeie o processo de impeachment, é necessário motivação, ou seja, é preciso que se suspeite da prática de um crime ou de uma conduta inadequada para o cargo.No impeachment, o procedimento é geralmente desencadeado e decidido por um órgão legislativo.
    O Ministro Joaquim Barbosa faz parte do poder judiciário, o qual foi nomeado pelo ex Presidente Lula em 2003. O Nosso Ministro deveria ser coroado rei em nosso país!! Ele sim é um homem que representa o povo Brasileiro. Qual crime comum, crime de responsabilidade, qual abuso de poder ou/e qual norma constitucional foi desrespeitada ou qual cláusula pétrea foi violada pelo nosso Ministro Joaquim Barbosa??
    Mostra a cara desse sujeito que teve a “burrice” audácia de pedir “impeachment” do Ministro do STF Joaquim Barbosa.

  • ISAIAS J.OLIVEIRA

    -

    2/10/2012 às 19:33

    Realmente, fica dificil acreditar que um dia este pais se tornará sério.

  • Osvaldo Aires Bade - Comentários Bem Roubados na "Socialização"

    -

    19/9/2012 às 19:51

    AMIGOS PATRIOTAS, POR FAVOR ASSINEM E DIVULGUEM!
    TEMOS QUE ACABAR COM ISSO!!!
    VAMOS APOIAR O SUPREMO-STF!!!
    Um manifestação fresquinha! Cidadãos! Ajudem a divulgar! Nossa meta é 20 milhões de assinaturas.
    Abraço a todos e parabéns!
    BRASIL FORA DO CRIME!!!
    http://www.peticaopublica.com.br/?pi=mensalao

  • Jefferson Telles

    -

    10/9/2012 às 17:00

    No país do “eu quero tchu, eu quero tcha”, vem a mim um sentimento de derrota, de falta de esperança que muito me entristece. Se, Deus me livre, eu fosse diagnosticado com uma doença incurável e pouco tivesse a perder, haveria muito político, a começar pelo Sarney, que teria que triplicar sua equipe de segurança pessoal, pois eu iria passar como trator em cima deles. Mesmo sabendo que estaria atentando contra a vida de um semelhante, creio que com esse gesto muita coisa mudaria dai em diante e meu nome seria imortalizado na história desse país. Ah, seu eu te pego, Sarney…

  • Viviane

    -

    10/9/2012 às 13:46

    Muito estranha essa “notícia”. Quem teria feito o pedido de impeachment? E sob quais fundamentações? Quais as fontes dessa “notícia”?

  • Vanss

    -

    9/9/2012 às 15:55

    A quanto tempo nós brasileiros vêm vivendo com a grande rede de corrupção (menssalão), quando surge alguém de coragem que quer combater esse vírus, ainda é considerado abuso sei lá que, resumindo, o sistema é forte Joaquim Barboza mas o povo é mais.

  • Carlos

    -

    8/9/2012 às 21:42

    Felizmente não aconteceu o impeachment. Espero que as comemorações deste 7 de setembro, seja o início de uma nova era política. Um Brasil livre de corruptos e corruptores.

  • Luiz Bueno

    -

    8/9/2012 às 15:56

    Impeachment, para um homem desta envergadura ética-moral????? Que absurdo!!! Sr. Ministro Joaquim Barbosa, homens como o Sr. ainda nos faz ter esperança neste país, que infelizmente está entregue a quadrilhas, principalmente na capital da federação, porque por todos os lados que olhamos é só malandragem… Quanta criatividade possui o brasileiro para lesar o seu semelhante. Basta ver a mídia, dia-a-dia é golpes e golpes de todas as maneiras… Quanta criatividade usada para o mal socialmente falando e por toda a nação… Sr. Ministro Joaquim Barbosa como seria bom se o Sr. fosse candidato a presidência do Brasil nas próximas eleições.

  • Mauro Vaz

    -

    8/9/2012 às 11:09

    Perdeu Zé Dirceu!
    A casa caiu!

  • Fernando Camboim Fiho

    -

    8/9/2012 às 8:49

    Concordo com o Amaral, poderia ser o nosso Presidente da República, e a nossa moral ia dar de 2 x 0 nos americanos, mais uma vitória para o Brasil.

  • Jose carlos rodrifgues

    -

    7/9/2012 às 23:26

    Bom. O Sarney e todo as suas prole e familia está com o rabo preso no STF, mas ele domina os aloprados sem personalidade do Congresso, agora que deve ter cuidado, deve sim, mas com o que acontece no congresso, já viram como aprovam as matérias, numa dessas vai o do Min Joaquim no meio como já foi muitas matérias. Agora mexer com o Min vejo bobagem pq ele além de ter personalidade, vem de formação, digna e se graduou em direito e foi para Promotoria e Ministério Público, ele não se abate.

  • Alberto Bezerra

    -

    7/9/2012 às 19:26

    Tem q ter cuidodo e apio do povo sim, pois ele mandam, e fazem o q querem e como querem, se lembram do delegado federal q investigava o filho de Lula q de professor se tornou sócio da companhia telefônica? pois é foi demitido como ladrão e ninguém fez nada, poucos souberam ou sabem, a mídia é na verdade quem determina o q e quando ficamos sabendo o que eles querem.
    O povo precisa saber e se juntar pois é provável q o envolvam em o q ele quiserem com todas as provas q ele fabricarem e nós acreditaremos ou ao menos a grande maioria de nós. Fiquem atentos e divulguem tudo q tiverem façam as coisas q ele querem esconder aparecer

  • Antonio Claret

    -

    7/9/2012 às 18:41

    Pois é!… Mas cadê o nome do solicitante … (esse um, indigente) … Por que não é publico o nome e as fundamentações que ele fez… O que acontece no Legislativo não tem que ser público?

  • Gilberto Camargo

    -

    7/9/2012 às 13:46

    Em risco do que??? Vcs acham que vão fazer isso e levantar a população contra eles????

    Se fizerem isso irão renascer a guerrilha (que Dilma no passado aderiu e hoje anistiada e Presidente da República), para colocar esses caras no devido lugar deles que é a CADEIA ou CEMITÈRIO…

    O povo tem gente de carater e destemidos, esses polícos corruptos saberão o que é a ira de um povo explorado… aguardemos os acontecimentos…

    PS: Agora entendem pq fizeram a palhaçada de desarmar o povo sem êxito, graças a Deus..

    PS1: Discurso de Dilma ontem (06/09) além de mentiroso muito fantasioso, so os alaprados mesmo para acreditar…

    Joaquim Barbosa, sua vaga no STF está garantida até sua aposentadoria, ja abertura de impeachment deveria ser contra o Ricardo Lewandovski e Dias Toffoli esses sim são a vergonha do STF….

  • AMARAL

    -

    7/9/2012 às 11:45

    PODERIA SER NOSSO PRESIDENTE

  • Elcio Fernandes

    -

    7/9/2012 às 9:30

    Infelizmente hoje o poder esta nas mão destes bandoleiros que sempre quiseram anarquizar este país!!!
    A exemplo de Joaquim Barbosa, infelizamente restam poucas pessoas

  • Euclides Bailo Corrêa

    -

    7/9/2012 às 9:29

    Brasileiros quantas peças de museu se quebra as peças do Senado Brasileiro nem se quebra e nem somem SR Ministro Joaquim Barbosa o SR esta com o povo não com esta gentalha do Senado e Politicos ladrões.Vai a luta o Sr não esta sózinho vamos unir a seu favor.Parabens não se intimida abraços da maioria do bem

  • geni

    -

    7/9/2012 às 4:31

    Parabens pelo homem de CARATER que o Sr. é, que apesar do mundo cheio de desonesto em que vivemos, ainda exite HOMEM HONESTO DE CARATER como o SR. que nos deixa orgulhosos.

  • Elza Cardoso

    -

    7/9/2012 às 1:40

    ESCONDEM E SONEGAM INFORMAÇÕES DE NOSSO INTERESSE.O JOGO ENTRE COVARDES É ASSIM QUE OPERA MAS, AINDA BEM QUE ALGUÉM DEVE TER TIDO MEDO DOS RESULTADOS, SE O POVO SOUBESSE…

  • GILDÁSIO DIAS LIMA

    -

    6/9/2012 às 21:54

    EU PERGUNTO É VERDADE QUE ESTAMOS EM UMA DEMOCRACIA, OU ESTA DEMOCRACIA FOI UM MODELO ENCONTRADO POR UM GRUPO PRA MAQUIÁ A VERDADEIRA DITADURA.
    É MUITO RIDÍCULO QUANDO UMA PESSOA DO BEM BUSCA DE VERDADE MORALIZAR UMA NAÇÃO CORROMPIDA, AI VEM UM GRUPO SEM PUDOR E RESPEITO A TODO UM PAÍS, QUERENDO DESMORALIZAR UM TRIBUNAL QUE MERECE RESPEITO, NA PESSOA DO SR MINISTRO JOAQUIM BARBOSA.

  • Lizze Calhau

    -

    6/9/2012 às 20:48

    O ministro Joaquim Barbosa é a representação do que ainda resta de bom, saudável e admirável, nesse país tomado pela corrupção. Parabéns, ministro! Continue nessa luta; o senhor não está sozinho!

  • ruy borba

    -

    6/9/2012 às 19:40

    O Senado é o órgão de controle do STF. Nenhum poder concentra a soberania do Estado. O Judiciário detém uma parcela dessa soberania (embora de quando em vez aja como se encerrasse a soberania integral nele). Fosse diferente, estaríamos diante de um poder incontrastável, próprio aos Luízes de França. Lembro ainda que a pior das ditaduras é a da toga

  • Marco antonio

    -

    6/9/2012 às 18:56

    O ministro Joaquim é um homem integro e ele esta representando o seu dever de homem publico com responsabilidade. Parabéns

  • José Claudio do Amaral

    -

    6/9/2012 às 18:38

    O Sarney pode ser tudo de ruim que imaginarmos e um pouco mais. Contudo, doido ele não é, com certeza! Quadrilheiros, o Joaquim Barbosa merece é uma mensão honrosa, pois enfrentou e condenou, com coragem, dignidade, bravura e respeito a toga que usa, todos esses ladrões e amigos do Lula, o verdadeiro chefão!

  • Pedro unha

    -

    6/9/2012 às 18:15

    Justiça no Brasil é coisa séria. Se é verdade?.. corta a cabeça.

  • ELENA KOMEROSKI

    -

    6/9/2012 às 17:26

    só o que faltava neste pais, empichmet de um ótimo juiz, no maior julgamento da história?

  • Thais

    -

    6/9/2012 às 17:20

    Gostaria de mais esclarecimentos sôbre esse comentário, quem pediu?
    De onde vem essa informação? Fonte?
    Fica difícil, em duas linhas uma notícia como essa, revolta porque esse país está nojento!Quero que esse Sarney (sarna) Lula e sua quadrilha de petralhas,sejam punidos. E não Joaquim Barbosa.
    Por favor Lauro Jardim, uma notícia dessa sem informação alguma, era melhor não dar.

    Abraços.

  • Leonardo

    -

    6/9/2012 às 17:02

    O País é uma piada mesmo. Quando alguém começa a fazer algo, tem sempre 20 para derrubar.

  • lucia

    -

    6/9/2012 às 16:15

    quem pediu ?

  • ELIZABETH MARTINS

    -

    6/9/2012 às 16:14

    Qualquer coisa feita contra Joaquim Barbosa pode levanttar o povo brasileiro contra esse Parlamente e Executivo corrupto. Só Lula da Silva ou alguém do mesmo naipe poderia se atrever a algo do gênero. Dilma, a senhora é a única que gosa de alguma credibilidade nneste pais.

  • ilze

    -

    6/9/2012 às 16:08

    O PT não corre atrás de ladrão, não denuncia os criminosos do seu próprio partido, não mexe um dedo pra acabar com a roubalheira. Ao invés disso, querem impedir um ministro de mandar prender ladrões. Dá pra entender esse partido que se diz lutar pela ética e contra a corrupção?… Vai mentir assim, na casa da mãe Joana.

  • Valdir Junges

    -

    6/9/2012 às 15:43

    Esse esclerosado do Sarney está no formol há muito tempo, se fosse uma pessoa do bem não necessitaria estar com tantos seguranças. Mas o seu rio está muito próximo ao mar, tanto quanto a gangue da estrela decadente.

  • Valdir Junges

    -

    6/9/2012 às 15:38

    Esses políticos estão brincando de roleta russa, quando menos esperam vão acionar o gatilho certo, e a explosão vai ser do povo. Um dia a marcha da moralidade terá, inevitavelmente, que “higienizar” Brasilia.
    Paciência tem limite.

  • Lucas Máximo Alves

    -

    6/9/2012 às 15:35

    Deveria pedir era o impeachment era do Sarney, isso sim! Sou do Piaui! e vivi no nordeste meus 17 primeiros anos da minha vida. Antes de Sarney ser conhecido no cenário nacional ele, lá no Nordeste, já tinha fama de corrupto. Pô! isso ninguém sabe, ou lembra! Mas ele tá ai desde aquela época.

  • Elisa

    -

    6/9/2012 às 13:24

    É nestas horas que as pessoas deviam ver em quem votam.
    Excelentíssimo Senhor Ministro Joaquim Barbosa não desista, pois o Sr trouxe aos brasileiros a esperança de que um dia haja justiça neste pais.

  • Patrícia de Sampa

    -

    6/9/2012 às 12:33

    É o mesamo que ladróes e assassinos pedirem a exoneração de policiais que estão a atrapalhar o seu negócio!!!! É o fim do mundo!!!!

  • Walter Lopes Frota

    -

    6/9/2012 às 11:19

    Sinceramente?
    Eu não acredito que a falta de vergonha dos políticos brasileiros chegue a tanto… Tá pertinho. Mas ai já é demais… Sei que Matam, roubam, praticam toda espécie de delitos que almas pessoas apelidam carinhosamente de malfeitos… mas nesse caso, escancarado como com certeza ficará, boa parte dos políticos vai pensar duas vezes antes de votar. Se o voto fosse secreto, eu não teria dúvidas do que o conspícuo JUIZ estaria frito!

  • LUIZ ALFREDO STEIN

    -

    6/9/2012 às 11:14

    Esta quadrilha está indo longe demais!!!Se fossem ladrões de galinha já estariam engaiolados.ISTO É UMA VERGONHA!!!

  • Fabio

    -

    6/9/2012 às 10:23

    Estão tentando tirar as frutas boas e deixar as podres…

  • NELSON RODRIGUES

    -

    6/9/2012 às 9:18

    Que tenha a coragem de se manifestar quem esta com essa proposta. Ações desse tipo, sem a devida divulgação, mostra um trabalho de porão, coisa de rato de esgoto. Com certeza a Justiça esta incomodando muita gente, gente que com certeza tem o que esconder, por isso trabalha escondido. Temos que ficar atentos a ação desse “Sr. Jose Sarney”, pois dele podemos esperar de tudo. Vejam a Historia dele, quando mudou da “ARENA”, para ser Vice do Tancredo Neves que era na Epoca do MDB. E apos eleito tivemos a “morte” do Tancredo Neves. Pura coincidência…

  • Emanoel Mathias

    -

    6/9/2012 às 8:31

    Eu tenho vergonha. Meu pais tem muitos políticos que deveria esta na cadeia.

  • Paulo Ursaia

    -

    6/9/2012 às 8:08

    Tenho Orgulho de dizer que sou Brasileiro.
    Enquanto muitos lavam as mãos e se dizem ter vergonha de sua nacionalidade, espelho no Excelentíssimo Senhor Ministro Joaquim Barbosa, usando de todos os atributos que a educação, moral, civismo e o rigor da Lei que lhe confere, continua a julgar com total parcialidade esses foras da Lei que se acha que estão acima de tudo e de todos.

  • Fabrício

    -

    6/9/2012 às 0:06

    Dá uma sensação de o Brasil é terra do tudo pode. Onde está o povo que vota em Big Brothers e bola da Copa ultrapassando um milhão de participações e não pensa nem um pouco na sua própria vida, no seu próprio país. Neste país o que falta é um radicalismo popular contra políticos, com assassinatos sim, invasões no planalto e congresso nacional, decapitação de deputados corruptos nas assembléias estaduais e coisas do tipo(mesmo que seja anti-civilizatório), mas aí vem o grito ‘vamos por em risco a democracia’. Mas que democracia estranha é esta onde os políticos poderosos criam seus currais eleitorais e depois fazem com o país o que podem? E quem quer mudar fica a mercê de leis que estes suínos criam para protegerem-se.Cadê a democracia. Vamos matar políticos e recomeçar, esta é minha opinião.

  • Elisabete Ossig Andrade

    -

    5/9/2012 às 21:53

    Minha lembrança me reportou Rui Barbosa “De tanto ver crescer a INJUSTIÇA, de tanto ver agigantar-se o poder nas mãos dos MAUS, o homem chega a RIR-SE da honra, DESANIMAR_SE de justiça e TER VERGONHA de ser honesto”

  • Israel

    -

    5/9/2012 às 21:28

    O que que estes politicos pensam? Se isto realmente acontecer ja esta na hora do povo ir para as ruas, pegar em armas se necessário para defender a lei e a ordem

  • Lucy Felix

    -

    5/9/2012 às 21:26

    Desde quando a constituição é seguida a risca neste país? Elles nos provam a cada dia que podem tudo, quando uma bandeira sinaliza que não podem, tomam providências. Infelizmente estão avançando como um trator para cima de tudo e todos, e o pior, com apoio dos cabeças de bagre.

  • jacque

    -

    5/9/2012 às 21:20

    caçar! sorri,esssa mistura de france com portugues me fhoide! kkkkkkkkkkkk mas p sempre joaquim borbosa!

  • jacque

    -

    5/9/2012 às 21:10

    SE ISO ACONTECER,TEMOS QUE IR P AS RUAS SIM! ELES TEM QUE PARAR COM ISSO!SE FOR A FAVOR DA JUSTIÇA E DA VERDADE,ELES QUEREM CASSAR! VIVA JOAQUIM BARBOSA!

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados