Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

World Series precede GP de Mônaco de Fórmula 1

Por Da Redação - 23 maio 2012, 14h17

O circuito de Mônaco, um dos mais tradicionais do automobilismo, recebe neste fim de semana a sexta etapa do calendário da Fórmula 1 2012. Além da modalidade mais importante do automobilismo, porém, a cidade francesa receberá ainda outras duas categorias no mesmo circuito: a GP2 e a World Series.

Competindo nas categorias menores, seis brasileiros terão a chance de serem analisados por escuderias da F-1. Luiz Razia, Felipe Nasr e Victor Guerin, na GP2, e André Negrão, Lucas Foresti e Yann Cunha, na World Series, são os representantes brasileiros em Montecarlo.

‘Não tem como não ficar ansioso, é a pista mais famosa do mundo e o sonho de todos correr aqui’, afirma Yann Cunha. Vencedor de corridas de rua na F-3 Sul-americana, em circuitos como Pirianópolis, no Uruguai, e Santa Fé, na Argentina, Cunha reconhece as dificuldades de adaptação ao World Series, mais largo e potente que o F-3, às estreitas ruas do principado francês.

‘Treinei bastante no simulador, mas mesmo assim parece ser um traçado bem difícil. Pode não parecer, mas é bem rápido e você não pode cometer erros. Nas curvas de alta, você só tem um traçado a seguir e, se sair um pouquinho dele, você pode ver o guard-rail e aí acaba tudo. Mas o negócio é manter a calma e concentrar’, analisa o piloto, em seu primeiro ano na categoria.

Publicidade

Por conta do excesso de competições no mesmo circuito, temendo atrasos e interrupções na F-1, o evento principal do fim de semana, a World Series terá apenas uma sessão de treinos classificatórios, às 4h (de Brasília) deste sábado. A largada tem início programado para as 6h (de Brasília) de Domingo.

Publicidade