Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Pelo ouro, Cielo deixa família e até miss em segundo plano

Namorada vai ter de esperar, já avisa o campeão olímpico, sonhando com o bi

Por Da Redação 20 jun 2012, 08h45

Na última Olimpíada, os pais de Cielo sofreram para arrumar os ingressos para acompanhar as provas do filho. Desta vez, o nadador quis distância da saga dos familiares pelos bilhetes

Ele já é campeão olímpico e mundial, e sabe muito bem como chegar concentrado a uma grande competição. Mas na busca dos milésimos de segundo que podem fazer toda a diferença na Olimpíada de Londres, o nadador Cesar Cielo já avisou: parentes, amigos e até a namorada, que é miss, terão de respeitar seu espaço e deixá-lo em paz para que ele não perca a concentração na briga por mais um ouro nos Jogos, dentro de pouco mais de um mês. “A competição é um momento muito íntimo e pessoal. É bom não ter contato com o que acontece lá fora”, explica ele, que terá o apoio – ainda que em silêncio – dos pais e da namorada em Londres. “É bacana ter todos lá, vou me sentir mais em casa, mas vou acabar dando atenção a todos só depois da competição.”

Leia também:

Leia também: Na última prova antes de Londres, Cielo conquistou outro ouro

Na última Olimpíada, os pais de Cesar Cielo sofreram para arrumar os ingressos para acompanhar as disputas da natação ao vivo em Pequim. Desta vez, o nadador quis distância da saga dos familiares pelos bilhetes, apesar de receber, de forma antecipada, boas notícias sobre o tema. “Eu penso tanto na Olimpíada e nos meus treinos que até pedi para não falarem sobre isso em casa. É tão pouco tempo em casa que você não quer passar por esse stress. Mas sei agora que já resolveram a parte dos ingressos.” Antes do ouro em Pequim, Cielo deixou de lado até os relacionamentos amorosos. Agora, ele conta com a torcida da namorada Priscila Machado, Miss Brasil 2011, que já confirmou a ida para Londres. Os contatos telefônicos com ela, porém, serão feitos com parcimônia, diz o nadador. “Eu entro em contato só para ver se está tudo certo.”

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade