Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Federer bate Isner e fatura o título em Indian Wells

Por AE

Indian Wells, Estados Unidos – De forma inquestionável, o suíço Roger Federer conquistou neste domingo o título do Masters 1000 de Indian Wells, nos Estados Unidos, o primeiro desta série na temporada. Em 1 hora e 21 minutos de jogo, o atual número 3 do ranking mundial da ATP não deu chances para o norte-americano John Isner – algoz do sérvio Novak Djokovic, líder do ranking, na semifinal – e ganhou por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (9/7) e 6/3.

O título na competição disputada no deserto da Califórnia é o quarto de sua carreira, o que faz com Federer se torne o maior vencedor em Indian Wells – ultrapassando os norte-americanos Jimmy Connors e Michael Chang. E para melhorar ainda mais as suas marcas pessoais, o suíço se igualou ao espanhol Rafael Nadal, número 2 do mundo, como o maior campeão de torneio da série Masters 1000, agora com 19 conquistas.

Com um prêmio de US$ 1 milhão no bolso, Federer comemora a sua 39.ª vitória nas últimas 41 partidas disputadas. Na temporada de 2012, o suíço perdeu apenas duas vezes – na semifinal do Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam do ano, para Nadal e na primeira rodada da Copa Davis para o próprio John Isner. Desta vez, em Indian Wells, Federer pôde se vingar destes dois tropeços.

Na decisão, o tenista suíço voltou a ser brilhante no fundo de quadra para anular a força de Isner, que tem como ponto forte o saque – sempre a mais de 100 km/h. Nem mesmo a chuva, que o atrapalhou no último sábado na semifinal contra Nadal e por cerca de 10 minutos quando vencia por 3 a 2 no primeiro set, foi capaz de parar Federer.

No primeiro set, nenhuma quebra de serviço e a decisão ficou para o tie break, quando o suíço teve mais frieza para ganhar por 9 a 7. Na segunda parcial, Federer se aproveitou de um momento de instabilidade de Isner, quebrou o serviço do norte-americano no sétimo game e usou toda a sua experiência para fechar a partida em 6/3 e levar o título.

Em sua primeira final de Masters 1000 na carreira, Isner pode comemorar o fato de entrar no top 10 do ranking da ATP, que será atualizado nesta segunda-feira. Contra Federer, o número 11 do mundo perdeu pela terceira vez em quatro confrontos.