Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Corinthians arranca empate no fim, mas perde a liderança

Com dois gols no fim, equipe chega ao empate em 3 a 3 diante do Comercial, em Ribeirão Preto

O Corinthians não é mais o líder do Campeonato Paulista e nem conseguiu derrotar aquele que até então era o lanterna da competição. Ainda assim, o empate por 3 a 3 com o Comercial foi bastante comemorado na tarde deste domingo, no Estádio Palma Travassos. Os jogadores considerados reservas de Tite (os titulares foram preservados para a Copa Libertadores da América) perdiam por 3 a 1 até os 44 minutos do segundo tempo.

A suada igualdade não evitou que o Corinthians perdesse a liderança para o Palmeiras. O time tem os mesmos 31 pontos do São Paulo, que venceu o clássico com o Santos, enquanto o maior rival passou a somar 32 depois de ganhar da Ponte Preta no sábado. O Palmeiras será justamente o próximo adversário do Corinthians, no domingo de 25 de março, no Pacaembu. Já o Comercial tem agora 9 pontos e visitará a Portuguesa um dia antes, no Canindé.

Apesar do gramado muito ruim, o primeiro tempo foi bastante movimentado. O Corinthians começou melhor e levou muito perigo em oportunidades com Emerson Sheik, que acertou duas vezes o travessão. Mas, o Comercial cresceu na partida e abriu o placar. Aos 31, Bombinha ajeitou para Élton, que acertou bonito chute da entrada da área. A reação do Corinthians não demorou e Emerson empatou em cobrança de pênalti, sofrido por Élton aos 37 minutos.

Leia também:

São Paulo vence Santos em belo clássico

Na segunda etapa, o Corinthians criou pouco e foi castigado pela equipe de Ribeirão Preto. Aos 6 minutos, o Comercial voltou a estar na frente, após cobrança de escanteio. Rafael Tavares cabeceou na trave e, na sobra, o experiente zagueiro Fabão só teve o trabalho de empurrar para as redes. Aos 13, Bombinha marcou mais um, mas o gol foi corretamente anulado por impedimento.

Tite mexeu na equipe, mas o Corinthians seguia com dificuldades e levou o terceiro em um contra-ataque, aos 31 minutos. Após cruzamento da esquerda, Marcelo Ferreira chutou duas vezes para marcar o terceiro. Quando tudo levava a crer que o, até então lanterna Comercial iria se reabilitar na competição, o Corinthians foi para a cima e chegou ao empate. Primeiro com o baixinho Gilsinho, que subiu por entre a zaga do Comercial e marcou de cabeça, aos 44 minutos. E, aos 47, Ramon tirou proveito de uma jogada de Bill seguida de falha do goleiro Alex Santana para empatar.

Antes de se preocupar com o clássico com o Palmeiras e com a liderança do Paulistão, contudo, o Corinthians terá pela frente a sua prioridade na temporada, a Libertadores. O confronto dos titulares corintianos com o Cruz Azul, do México, será na noite de quarta-feira, no Pacaembu.

(Com agência Gazeta Press)