Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Cielo, o inominável, aparece em pergunta e irrita Fratus

Nadador, classificado para a final dos 50 m nado livre, está avesso à pressão por resultado

Por Alexandre Salvador
Atualizado em 11 ago 2016, 23h32 - Publicado em 11 ago 2016, 23h18

Bruno Fratus classificou-se na noite desta quinta-feira para a final dos 50 metros nado livre com o tempo de 21s71, o sexto mais rápido das semifinais e 39 centésimos mais lento que o do francês Florent Manaudou, líder das duas baterias. E o nadador brasileiro não perdeu a oportunidade de cutucar um jornalista quando questionado sobre a pressão de nadar em uma prova que já foi dominada por César Cielo. “Pergunta padrão, hein?”, resmungou Bruno. “Não me sinto pressionado, não.”

Sobre seu rendimento, Fratus afirma que ainda está em busca da sintonia fina e vai buscar a ajuda do biomecânico da seleção brasileira, Paulo Cezar Marinho. “Estou com uma dificuldadezinha de encontrar a velocidade que eu queria estar nadando. Mas a prioridade do dia era se classificar.” Ítalo Manzine Duarte, que ficou conhecido por tirar a vaga de Cielo dos Jogos do Rio, terminou com o penúltimo pior tempo da série, 22s05.

Quarto colocado em Londres, Fratus diz que as lesões são recorrentes na vida de um atleta – ele sofre com um problema crônico nas costas, mas diz que é normal conviver com a dor. “Não tenho mais 17. Você fica dando paulada no corpo todo sendo atleta de alto rendimento algo vai reclamar um pouco. Mas agora eu estou bem.” A final dos 50m acontece na noite desta sexta-feira.


Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.