Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Após ser multado em blitz, Mano diz que apoia punição

Por Da Redação
28 mar 2012, 12h32

Por AE

Rio – O técnico Mano Menezes apresentou nesta quarta-feira a sua versão para o episódio em que foi parado em uma blitz da Lei Seca nesta madrugada no Rio. O comandante da seleção brasileira confirmou o incidente e declarou concordar com a punição – ele estava sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), se recusou a fazer o teste do bafômetro e foi multado em R$ 957,70, além de ter perdido sete pontos na CNH.

“Acima de tudo, quero ressaltar que apoio a conduta dos policiais e agentes que me abordaram na noite de ontem e concordo com as sanções estabelecidas pela lei”, afirmou Mano, que não comentou na nota publicada no seu site oficial a razão que o levou a recusar a realização do teste do bafômetro.

De acordo com o treinador, a sua CNH estava em outro carro. “Na noite desta terça-feira, fui abordado numa blitz no bairro da Gávea (Rio de Janeiro), enquanto retornava de um encontro com amigos, na companhia de minha esposa. Por estar sem a Carteira Nacional de Habilitação, sofri sanções administrativas na forma de multa e perda de pontos na carteira. O documento original estava em outro automóvel. Após apresentar a cópia do documento e um condutor habilitado, meu carro foi liberado”, explicou.

Em seu último compromisso, no mês de fevereiro, a seleção brasileira venceu a Bósnia por 2 a 1, em amistoso disputado na Suíça. A equipe dirigida por Mano só volta a jogar em maio, quando tem amistosos marcados contra Dinamarca, no dia 26, e Estados Unidos, no dia 30. Em junho, a seleção vai encarar México, em 3 de junho, e Argentina, no dia 9.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.