Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

Advogado de filhas de Gugu diz quem teria ‘plantado’ suposto namorado

Em entrevista a VEJA, Nelson Wilians comenta as reviravoltas na briga pela herança do apresentador

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO Atualizado em 15 Maio 2024, 23h34 - Publicado em 28 jun 2023, 07h01

Junto com uma equipe de mais cinco advogados, Nelson Wilians tem pela frente o que diz ser o caso mais midiático da Justiça no país neste momento. A briga pela herança de Gugu Liberato mobiliza os três herdeiros (João, Marina e Sofia), sua mãe, Rose Miriam (que tenta comprovar união estável), cinco sobrinhos, um possível namorado (Thiago Salvático) e agora, em mais uma reviravolta, o surgimento de Ricardo Rocha, que diz também ser seu filho. Caso o teste de DNA comprove essa hipótese, o testamento do apresentador, feito em 2011, precisa ser anulado. Diante da briga pelo patrimônio avaliado em 1 bilhão de reais, vazamento de processos e trocas de acusações, Wilians, que defende Marina, Sofia e Rose, conversou com a coluna. Confira a seguir.

Leia também: Quem são os cinco sobrinhos de Gugu que vão herdar 250 milhões de reais

Advogados de herdeiros de Gugu admitem ‘bissexualidade’ do apresentador

Suposto namorado de Gugu fala sobre teste de DNA do apresentador

O que compõe o bilionário patrimônio de Gugu que divide herdeiros

Suposto namorado de Gugu fala sobre briga dos herdeiros

Continua após a publicidade

Os bastidores da tensa reunião entre os herdeiros de Gugu

A briga dos advogados de herdeiras de Gugu

Exclusivo: A briga do filho de Gugu com tio após velório do apresentador

STJ valida testamento de Gugu Liberato; filhas vão recorrer

Como tem lidado com os desdobramentos da briga pela herança de Gugu? O único fato novo é o surgimento de um suposto filho.

Continua após a publicidade

As meninas vão fazer teste de DNA? Olha, as meninas não só vão fazer como querem fazer caso assim seja determinado. Tem que esperar a Justiça determinar, mas elas não vão se opor.

Qual foi a reação delas ao saberem desse possível irmão? Todo mundo foi pego de surpresa. A gente tinha ouvido algo a respeito, um tempo atrás, mas ninguém sabia se era real. Digo que é uma surpresa porque estaríamos falando do Gugu tendo uma relação sexual com 14 anos. Não deixa de ser surpreendente, considerando que, algum tempo atrás, a sociedade era muito mais conservadora. Mas a hipótese não dá para ser descartada. Que prevaleça a verdade.

Supõe que o processo pela herança tenha desfecho em quanto tempo? Acredito que não demore para vir uma sentença com relação à união estável da Rose Miriam. E, seja qual for o resultado, possivelmente haverá recursos, né? Então, em curto prazo, não deve se resolver, não.

Como Rose tem lidado com a negativa do filho, João, em reconhecer a união estável? Na percepção dela, João é um menino, uma criança confusa, ainda mais confuso com a perda do pai. De certa maneira, a tia (Aparecida) incutiu na cabeça dele que uma forma de ele honrar o pai seria fazer cumprir o testamento. E ele, como o único homem da casa, deve fazer de tudo para cumprir a última vontade do pai, ainda que a gente tenha dúvidas de que essa fosse realmente a última vontade do pai.

Por que tem dúvidas? Porque é um testamento de 2011, feito em circunstâncias anormais. Eu, por exemplo, tenho testamento, atualizo de seis em seis meses. Gugu morreu quase oito anos depois do testamento.

Continua após a publicidade

Ele pode não ter atualizado porque não tinha o que mudar… É complexo, mas é importante você ter todas as circunscrições dos fatos. Entre 2010 e 2011 houve uma grave crise entre Gugu e Rose. Essa crise culminou com a tentativa de suicídio dela. Foi quando ela ficou internada, fora do ar por pelo menos por 12 meses, de tanto remédio que tomava. Foi um período extremamente difícil para o casal. Ele fez o testamento nessa época e depois o casal acabou se reconciliando.

Se reconciliaram, mas cada um em sua residência, não? Sempre mantiveram a relação desse jeito, era a forma de se relacionarem. Mas isso em nada afeta a união estável. É importante destacar: união estável é uma relação em que não é necessário morar sob o mesmo teto.

Havia relação sexual entre Gugu e Rose? Ela disse que no início havia, aí quando eles entraram em crise, não. Houve um período em que ela pegou a traição do Gugu. Isso culminou na crise do casal elevada à décima potência. Quando discuto com o advogado da outra parte que perguntou se ela fazia sexo, digo que isso é irrelevante para o reconhecimento da união estável. É uma forma que eles acharam de provocá-la, de humilhá-la, tentar desqualificá-la.

Que traição foi essa que abalou tanto a Rose? Ela teria descoberto a relação de Gugu com Thiago Salvático? Não, não foi com o Thiago. Ele só veio a existir na vida da Rose depois da morte do Gugu.

Antes Rose não fazia ideia de que ele existisse? Não, imagina…

Continua após a publicidade

A traição foi com quem? Não cabe a mim dizer. Existe confusão de acharem que Rose descobriu traição dele com o Salvático. Não, ele é uma peça que surgiu depois da morte do Gugu. E, na minha percepção, é elemento plantado. Tenho fortes indícios. Ele não existia teoricamente, a não ser como um affair, relação esporádica, não era namorado.

Quem teria “plantado” esse suposto namorado? O outro lado.

O lado do João? Ele, não. O João nessa altura vai conforme o vento. Seria a Aparecida, a irmã dele (Gugu). Ela defende (o direito dos) sobrinhos, né? Ela defende tudo, menos os interesses do João. Ele vai ser prejudicado.

Essa traição que Rose teria descoberto foi com homem ou mulher? Meu amigo, aquilo era um balaio de gato, com o perdão da expressão. Era uma coisa muito pesada, não dá para falar. Pensa em algo bem pesado… Mesmo… Seria isso. Para levar uma mulher à tentativa de suicídio, meu filho, não é qualquer coisa.

Hoje qual é o estado de saúde dela? Rose vive à base de remédio. É uma situação extremamente complexa. Graças a Deus tem as gêmeas, que são ponta firme ao extremo. E evita acompanhar as notícias.

Continua após a publicidade

Os filhos sabiam da relação homossexual do pai? Não, ninguém sabia. Esse assunto só veio à baila depois da morte de Gugu e com o aparecimento do personagem Salvático.

Como ficou a relação de Marina e Sofia com o irmão, João? Não (falam mais) sobre esse assunto (herança). Elas conversam, são mais maduras que o João, não misturam as coisas. Mas elas acham absurdo ele ficar do lado da tia. Para elas, ele tenta compensar a morte do pai entrando na conversa da tia.

O senhor acredita que o Thiago possa ser reconhecido com união estável? A possibilidade de o Thiago Salvático ser reconhecido em união estável com Gugu Liberato é a mesma de o Sargento Garcia prender o Zorro. Era uma relação clandestina. Imagina… Esse cara é um elemento plantado. Thiago tinha união estável com outro cara em Santa Catarina. Estava processando ele também, na mesma época (em que diz ter sido namorado) do Gugu. Ou seja, estavam os dois em traição: Gugu traindo a Rose, e ele, o marido dele.

Rose nunca contou aos filhos que o pai mantinha relação gay? Nunca, jamais. Na época ele disse que tinha parado. Os dois fizeram terapia. Lembra daquela música do Ney Matogrosso? ‘Não sou gay, eu parei…’ É mais ou menos isso.

O senhor foi criticado nas redes sociais por divulgar um clipe, como se estivesse fazendo autopromoção em cima do caso. O que tem a dizer sobre isso? O caso é uma coisa linda. Imagina… E aí ficam com essa frescura. Não fiz nada sem autorização das meninas e da Rose.

Justiça altera decisão da ação de união estável de Thiago Salvático e Gugu

O bate-boca irônico da filha de Gugu com advogados

Laudo psiquiátrico de Rose Miriam, mãe dos filhos de Gugu, é exposto

Esse é o caso midiático mais forte que o senhor pega? Tenho minhas dúvidas de que alguém tenha tido algo mais midiático do que isso. No dia da posse, da sabatina do (Cristiano) Zanin (no STF), o assunto Gugu dominou as manchetes. A entrevista da Rose bateu o recorde da prisão de Lula. Não existe nada mais midiático. No Fantástico a audiência foi lá no pino.

Renderia até uma série… Merecia. A Netflix andou sondando, não falaram mais disso. Mas merecia.

Equipe de Nelson Willians -
A equipe de Nelson Wilians, com as filhas de Gugu e a mãe delas, Rose Miriam (no centro) (./Divulgação)

Após a publicação da entrevista, a defesa de Thiago Salvático enviou a seguinte nota à coluna:

A defesa de Thiago se pauta pelo compromisso inabalável com a verdade dos fatos e repudia veementemente as mentiras e artimanhas obscuras que têm sido empregadas. Apesar de a cada dia ficar mais evidente a união estável que Thiago mantinha com Gugu, os seus representantes não comentarão processos em sigilo. É lamentável que advogados vinculados ao caso sugerirem uma série televisiva sobre algo que corre em segredo de Justiça. É verdade que Thiago foi réu em uma ação de reconhecimento de união estável. Uma não, duas. Ambas as ações, movidas pela mesma pessoa, basearam-se em alegações comprovadamente absurdas e inventadas, tanto é que logo foram extintas com condenação do autor por litigância de má-fé. “Coincidentemente”, esses fantasiosos e plantados processos judiciais surgiram assim que Thiago promoveu a ação de reconhecimento de união estável em face dos sucessores de Gugu.  E, cumprido o papel da ação (que era a tentativa de lançar à mídia algo inventado para manchar a imagem de Thiago), essa pessoa passou a fugir da Justiça para não pagar a condenação. A exploração por advogados desse esquema armado somente para prejudicar Thiago (ou eventualmente extorquir) coincidem com outras alegações absurdas sobre a suposta clandestinidade da homossexualidade do Gugu e seu relacionamento com o Thiago. Essas produzidas acusações dirigidas a Thiago não passam de um reflexo desesperado daqueles que agora estão vendo o ruir da montanha de mentiras inventadas. Thiago seguirá em frente com a serenidade de que fala a verdade, e de quem confia na Justiça.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.