Assine VEJA por R$2,00/semana
Imagem Blog

VEJA Gente Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Por Valmir Moratelli
Notícias sobre as pessoas mais influentes do mundo do entretenimento, das artes e dos negócios
Continua após publicidade

O bate-boca irônico da filha de Gugu com advogados

Novas mensagens obtidas com exclusividade por VEJA expõem atritos entre herdeiros de apresentador

Por Valmir Moratelli Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
26 jun 2023, 07h01

Marina Liberato, de 19 anos, uma das herdeiras de Gugu, junto com os irmãos, Sofia, 19, e João, 21, brigam na Justiça pela herança do pai. Isso porque as meninas pedem o reconhecimento de união estável da mãe, Rose, com Gugu – algo negado pelo primogênito. Em paralelo, o chef Thiago Salvático também luta para que a Justiça reconheça sua relação estável com o apresentador. Em um dos novos trechos sem segredo de Justiça do processo em tramitação que a coluna teve acesso com exclusividade, Marina discute com os advogados Dilermando Cigagna e Carlos Eduardo Farnesi Regina, da equipe jurídica da família, tentando mostrar que sabe de conceitos jurídicos.

“O que você precisa ter pra ter uma união estável?”, questiona a jovem. Carlos responde: “Muito mais do que sua mãe teve”. Marina então retruca: “Uma relação pública. Correto. O que mais?”. Outro advogado presente, Dilermando a corrige: “Não. Há obrigações conjugais, como se fosse marido e mulher, uma delas é manter relações sexuais, é uma delas”. Marina debocha, rindo: “Não é não”. Dilermando então se irrita: “Ah, você fez seu curso de Direito aonde?”. O irmão, João, também intercede contra a atitude dela: “Você está falando com o melhor advogado do Brasil”. Dilermando ironiza a jovem: “Fez curso de Direito aonde? Ou quem é que tá lhe dando aula?”. Ela insiste que a mãe deve ser reconhecida em união estável: “Cuidar da gente em Orlando não é um projeto de vida?”. Os advogados dizem que não. Mas a jovem continua irredutível até o final da reunião. Como se percebe, a briga entre eles está longe de terminar.

A propósito: Na semana passada, a Justiça negou pedido para que as partes envolvidas e seus representantes deixem de dar entrevistas à imprensa ou se manifestem em redes sociais. “Não cabe a este juízo, sobretudo em processo que se limita ao reconhecimento da existência ou não de união estável, determinar aos órgãos de imprensa que se abstenham de exibir áudios, vídeos e cópias de peças processuais que lhes chegam”, diz a sentença.

Caso Gugu Liberato -
Caso Gugu Liberato – (./Divulgação)

 

Leia também: Quem são os cinco sobrinhos de Gugu que vão herdar 250 milhões de reais

Advogados de herdeiros de Gugu admitem ‘bissexualidade’ do apresentador

Continua após a publicidade

Suposto namorado de Gugu fala sobre teste de DNA do apresentador

O que compõe o bilionário patrimônio de Gugu que divide herdeiros

Suposto namorado de Gugu fala sobre briga dos herdeiros

Os bastidores da tensa reunião entre os herdeiros de Gugu

A briga dos advogados de herdeiras de Gugu

Exclusivo: A briga do filho de Gugu com tio após velório do apresentador

Continua após a publicidade

STJ valida testamento de Gugu Liberato; filhas vão recorrer

Justiça altera decisão da ação de união estável de Thiago Salvático e Gugu

 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.