Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Desemprego surpreende e cresce 3,8% em julho

Por Natalia Cuminale Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
21 ago 2008, 10h55

A taxa de desemprego nas seis principais regiões metropolitanas do Brasil ficou em 8,1% em julho, um aumento de 3,8% em relação ao mês anterior. O dado, anunciado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística nesta quinta-feira, contrariou a expectativa de queda, que vinha se repetindo pelos últimos quatro meses.

Contudo, segundo o IBGE, a taxa foi a menor já registrada para um mês de julho em toda a série da Pesquisa Mensal de Emprego (PME), iniciada em março de 2002. Em relação a julho de 2007, o índice recuou 1,4 ponto porcentual.

Das seis regiões analisadas, o menor nível de desemprego foi verificado em Porto Alegre, com 6%; a taxa mais alta é de Salvador: 12,1%. As demais áreas São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Recife.

O número de empregados com carteira assinada no setor privado foi recorde para um mês de julho, totalizando 9,5 milhões de pessoas, alta de 7,8% em relação ao mesmo mês do ano anterior. O contingente de desocupados somou 1,908 milhão, pouco mais do que o 1,846 milhão registrado em junho.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.