Blogs e Colunistas

Barack Obama

28/07/2014

às 12:00 \ Disseram

Uma coisa é muito diferente da outra

“Cinismo é popular esses dias. É o que se passa por sabedoria.”

Barack Obama, presidente americano

19/07/2014

às 0:00 \ Disseram

A Rússia se recusa a cooperar

“Repetidamente a Rússia se recusou a dar passos concretos para acalmar a situação. Queremos que a Rússia siga por um caminho que resulte em paz na Ucrânia, mas até agora ela se recusou.”

Barack Obama, presidente americano, sobre a situação de conflito entre os países, ao afirmar que o míssil que derrubou o voo MH17, da Malaysia Airlines, que sobrevoava a Ucrânia, partiu de uma área controlada por separatistas apoiados pela Rússia

16/07/2014

às 6:00 \ Disseram

Fazer ou não fazer? Eis a questão

“Creio saber o que temos de fazer em termos de economia e democracia. Cabe a mim decidir se o farei ou não.”

Hillary Clinton, ex-secretária americana de Estado e provável candidata democrata à sucessão de Barack Obama, falando à rádio Europe 1

08/07/2014

às 12:00 \ Disseram

Obama teve ajuda para conquistar Michelle

“Obrigado por me ajudar a impressionar Michelle.”

Barack Obama, presidente dos EUA, numa mensagem em vídeo ao cineasta Spike Lee pelos 25 anos de Faça a Coisa Certa; o filme foi o primeiro a que Obama assistiu ao lado de sua futura mulher

27/06/2014

às 17:45 \ Vasto Mundo

O dilema de Hillary Clinton: como se afastar de Obama sem parecer uma traidora?

(Foto: Joshua Roberts/Reuters)

A ex-secretária de Estado Hillary Clinton no lançamento de seu livro: imagem manchada após reclamar de estar “totalmente falida”, mas receber 14 milhões de dólares pela obra (Foto: Joshua Roberts/Reuters)

VAI UMA MÃOZINHA AÍ?

Problemas de Hillary: parecer mulher comum sendo milionária e trair Obama sem dar a impressão de que imita o marido

Nota de Vilma Gryzinski publicada na seção “Panorama” de edição impressa de VEJA

Reposicionar a imagem, afinar a narrativa, ocupar todos os espaços disponíveis. Seja lá como se chame, Hillary Clinton está fazendo de tudo, com o olho cravado na Casa Branca – até um netinho a caminho e uma reestruturação facial, dizem os mais pérfidos.

A eleição presidencial americana é em novembro de 2016 e, quanto mais perto fica, menor o favoritismo de Hillary. Tinha 70% das preferências em 2012, baixou para 56% em março e chegou a 52% agora. Hillary precisa se afastar do governo Obama, em processo de desmanche, sem parecer que está apunhalando pelas costas o homem que lhe confiou a chefia da política externa, até o começo do ano passado.

Apunhalar com um sorriso simpático, mentir como advogado de porta de cadeia e, ainda assim, cativar o eleitorado são características que ela não herdou do marido, Bill Clinton. Em compensação, tem uma imagem de seriedade e competência – e nem um único adversário oposicionista viável até agora. Só precisa vigiar a língua.

Divulgando um novo livro – pagamento de nada menos que 14 milhões de dólares -, queixou-se de que ela e o marido saíram “totalmente falidos” da Casa Branca. O casal tinha dívidas com advogados (rebarba do caso Monica Lewinsky), mas hoje é multimilionário; só em palestras como ex-presidente, ele faturou mais de 100 milhões de dólares.

A maior mancha no currículo de Hillary decorre do assassinato do embaixador e mais três cidadãos americanos, no ataque de 2012 em Bengasi, pela inação do governo e pela tentativa de encobrir as circunstâncias. A captura do líder do bando terrorista líbio, Ahmed Abu Khatalla, poderia ajudar, se não se soubesse que o sujeito vivia à vontade em Bengasi, dando entrevistas. Uma delas acompanhada por frapê de morango.

21/06/2014

às 12:00 \ Disseram

O dinheiro compra a mudança, que, na verdade, não custa caro. É isso mesmo, Kanye?

“Não há como fazer mudanças de dentro da Casa Branca desse jeito. Você precisa ter dinheiro.”

Kanye West, cantor americano, ao criticar o presidente Barack Obama em uma entrevista de rádio; o rapper diz que tem criatividade e genialidade, características que, segundo ele mesmo, são necessárias à mudança, apesar de serem muito baratas

14/06/2014

às 18:00 \ Disseram

O presidente não envergonha as filhas, na maioria das vezes

“Como a Malia diz, eu estou bem no limite, mas normalmente fico do lado certo da barreira entre ser engraçado e ser totalmente humilhante para elas.”

Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, sobre o que suas filhas, Sasha e Malia, ambas adolescentes, pensam dele como pai, em entrevista a Jenna Bush Hager, ex-primeira filha, no programa Today Show

06/06/2014

às 0:00 \ Disseram

Nem todos os problemas se resolvem com força

“O fato de termos o melhor martelo não significa que todo problema é um prego.”

Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, ao defender, na formatura dos cadetes da Academia Militar de West Point, que a liderança de seu país não seja exercida preferencialmente pelo uso da força militar

30/05/2014

às 0:00 \ Disseram

Os Estados Unidos vão à frente do grupo

“Os Estados Unidos devem sempre liderar no palco mundial. Se nós não o fizermos, ninguém mais fará.”

Barack Obama, presidente americano, ao falar sobre como pretende alterar sua política externa e qual deve ser o papel do país no cenário internacional

13/05/2014

às 18:00 \ Disseram

Melhor apagar tudo desta vez

“Em 2008 meu slogan era ‘Sim, nós podemos’. Em 2013 meu slogan foi ‘Control+Alt+Del’.”

Barack Obama, presidente dos EUA, em uma das muitas piadas autoirônicas que apresentou num jantar com jornalistas — neste caso, para se referir aos problemas do site do programa de saúde do governo

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados