Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Novo Jobs? Sam Altman é readmitido na OpenAI após saída polêmica

Empresa também contará com novos membros no conselho executivo

Por Luiz Paulo Souza Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 22 nov 2023, 10h56 - Publicado em 22 nov 2023, 10h30

Após ser demitido repentinamente, no último final de semana, Sam Altman foi readmitido como CEO da OpenAI. A saída foi recebida com surpresa, mas a empresa anunciou, nesta quarta-feira, 22, que entrou em um acordo com o executivo para que ele retome a sua posição. 

Além do retorno de Altman, a empresa também terá um novo conselho diretor, formado por Bret Taylor (presidente), Larry Summers e Adam D’Angelo. Este último fazia parte do painel de executivos que decidiu pela demissão do CEO, mas ainda não está claro se os outros membros também manterão suas posições. 

Altman foi afastado pelo conselho da OpenAI, na última sexta-feira, 17, com a justificativa de não estar sendo “consistentemente sincero”. A decisão repentina deixou investidores enfurecidos e causou comoção entre os funcionários, que se reuniram pela renúncia dos executivos. A nova CEO interina da empresa, Mira Murati, estava entre os mais de 500 colaboradores que pediram a dissolução da governança. “OpenAI não é nada sem seu pessoal”, postaram, nas redes sociais. 

Em meio à celeuma, Ilya Sutskever, cientista-chefe e então membro do conselho, disse se arrepender da decisão e o grupo tentou voltar atrás, mas Altman teria exigido que os membros abrissem mão das suas posições para que ele pudesse voltar ao cargo. 

Continua após a publicidade

O CEO da Microsoft, Satya Nadella, um dos principais investidores da OpenAI, não se agradou com a decisão, mas disse que continuaria comprometido com a empresa e contratou Altman, assim como Greg Brockman, cofundador da companhia que também foi afastado do conselho, para integrar uma nova equipe dentro da gigante da tecnologia. 

A polêmica lembrou a história de Steve Jobs. Fundador da Apple, o executivo polêmico foi demitido da empresa pelo conselho diretor, mas foi acolhido novamente após piora no desempenho da organização.

A readmissão de Sam Altman foi vista como positiva por especialistas. O executivo é uma das vozes mais respeitadas atualmente nas discussões a respeito das IAs. Além de lançar o ChatGPT, ferramenta que provocou uma corrida entre as gigantes de tecnologia e impulsionou o avanço dos bots generativos, ele passou parte do ano viajando o mundo para discutir com governos e tomadores de decisão sobre a necessidade de regulamentação das IAs. 

Continua após a publicidade

Nas redes sociais o executivo comemorou o retorno. “Adoro a OpenAi e tudo o que fiz nos últimos dias serviu para manter esta equipe e sua missão unidas”, escreveu. “Com a nova diretoria e o apoio de Satya, estou ansioso para retornar e desenvolver nossa forte parceria com a Microsoft.”

A empresa, pioneira nessa tecnologia, foi fundada em 2015 por Altman, Brockman, Elon Musk e um grupo de especialistas. Após discussões a respeito dos rumos da empresa, Musk deixou o grupo e a empresa, antes sem fins lucrativos, passou a receber apoio da Microsoft

Nas redes sociais, o fundador da SpaceX e da Tesla lamentou o retorno do executivo. “Vocês literalmente fizeram tudo isso por nada. Belo golpe de marketing”, escreveu. 

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.