Clique e assine a partir de 9,90/mês

Para ajudar Greta Thunberg, mãe interrompeu carreira como cantora

Em 'Nossa casa está em chamas', Malena Ernman relata drama para criar a ativista, que sofre da síndrome de Asperger

Por Ernesto Neves - Atualizado em 11 dez 2019, 14h15 - Publicado em 11 dez 2019, 13h50

Lançado pelo selo Best Seller, da editora Record, o livro Nossa casa está em chamas descreve os desafios enfrentados pela ativista ambiental Greta Thunberg, 16, nos primeiros anos de vida.

Divulgação/Divulgação

A adolescente sueca foi eleita “pessoa do ano” pela revista Time nesta quarta-feira, 11.

Escrita por Greta e a mãe, a cantora Malena Erman, a obra descreve como a família enfrentou os sintomas da síndrome de Asperger, uma forma de autismo.

Malena conta que precisou interromper sua bem-sucedida carreira de artista por causa dos distúrbios alimentares enfrentados por Greta.

Continua após a publicidade

Para mastigar um pedaço de banana, por exemplo, a jovem chegou a demorar 50 minutos.

Preocupada com o impacto que sua vida causava no meio ambiente, Greta chegou a restringir a dieta a três alimentos: arroz, abacate e bolinhos de massa. 

Ela encontrou seu ponto de equilíbrio justamente no ativismo ecológico, quando passou a organizar greves semanais de estudantes contra a inação governamental frente ao aquecimento global.

Publicidade