Clique e assine a partir de 9,90/mês

Candidato democrata que defendia legalização da maconha encerra campanha

Ex-congressista Beto O'Rourke, do Texas, é skatista, tocou em banda punk rock e queria banir venda de rifles semiautomáticos

Por Da Redação - Atualizado em 1 nov 2019, 20h20 - Publicado em 1 nov 2019, 20h05

O democrata Beto O’Rourke, ex-congressista pelo estado do Texas, anunciou o fim de sua campanha para as eleições presidenciais nos Estados Unidos nesta sexta-feira, 1. O’Rourke estava entre os sete candidatos mais cotados à nomeação do Partido Democrata, segundo o portal RealClearPolitics, que calcula a média do resultado das mais recentes pesquisas eleitorais.

“Meu serviço ao país não será como candidato”, disse o texano, que não declarou apoio a nenhum dos outros democratas que permanecem na corrida eleitoral. O ex-congressista afirmou, entretanto, que continuará “lutando contra [o presidente americano] Donald Trump”.

Dentre as propostas de campanha de O’Rourke mais conhecidas, estava a legalização da maconha. Nos Estados Unidos, a maconha é regularizada no plano estadual e, devido a isso, o comércio interestadual da droga é ilegal.

O ex-candidato também apoiava o banimento de rifles semiautomáticos, como a maioria dos outros democratas, mas se destacava pela sua proposta de obrigar os proprietários dessas armas a vendê-las ao Estado. O discurso anti-armamentista do texano repercutiu internacionalmente após sua cidade natal, El Paso, ter sido palco de um massacre no qual um atirador matou mais de 20 pessoas.

Continua após a publicidade

A imagem do ex-candidato, que tem apenas 47 anos, é muito associada ao público mais jovem. Além de andar de skate, O’Rourke foi membro de uma banda de punk rock, conhecida como Floss, nos anos 90, que não teve sucesso. Em pesquisa realizada pela Universidade de Harvard no início do ano, o texano era o terceiro mais votado por eleitores entre 18 e 29 anos de idade, com 10% das intenções.

Embora o candidato tenha abandonado a corrida por escassez de recursos, O’Rourke quebrara o recorde de financiamento nas primeiras 24 horas de campanha, em março. O ex-congressista arrecadou mais de 6 milhões de dólares em seu primeiro dia na disputa eleitoral. Com exceção do senador Bernie Sanders, nenhum outro candidato democrata superou a marca dos 2 milhões de dólares.

Publicidade