Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Quem é Samantha Grant, a meia-irmã-bomba de Meghan Markle

Atriz e modelo americana chamou atenção por falar abertamente sobre a vida da noiva do príncipe Harry

Por Redação Atualizado em 16 Maio 2018, 22h15 - Publicado em 15 Maio 2018, 10h34

O nome de Samantha Grant — também conhecida como Samantha Markle — ganhou espaço no noticiário internacional desde o anúncio do relacionamento da meia-irmã, Meghan, com o príncipe Harry, um dos herdeiros do trono britânico. Samantha, uma ex-atriz e ex-modelo que sofre de esclerose múltipla e parece disposta a surfar na fama repentina da irmã caçula, tem vindo a público, graças aos sites de fofoca americanos, para dar depoimentos sobre o relacionamento conturbado da família da noiva. Já no ano passado, logo depois de o romance se tornar oficial, ela anunciou uma biografia não-autorizada de Meghan — que não a convidou para o casamento, marcado para este sábado, 19. O livro, que deve sair nos próximos dias, é agora definido pela autora como um “conto sobre a relação inter-racial entre duas irmãs”.

Foi também Samantha o cérebro por trás do escândalo que levou o pai de Meghan, Thomas Markle, a cancelar sua participação no casamento da própria filha. Nos últimos dias, em páginas de diversos sites e revistas do mundo, Thomas pôde ser visto em fotos, tirando as medidas para a roupa que usaria nas bodas de Meghan e lendo notícias sobre o relacionamento da filha com o príncipe Harry em um cibercafé. Era tudo armação de Samantha, que admitiu ter contratado uma empresa de paparazzi para encenar as fotos do pai.

Segundo ela, a meta era “melhorar a imagem do homem na imprensa mundial”. Suspeita-se, no entanto, que ele tenha embolsado cerca de 100.000 libras com as imagens, algo como meio milhão de reais, uma informação que imprime aos parentes de Meghan a imagem de aproveitadores, e, para piorar, envolve a polêmica figura dos paparazzi, que perseguiram o carro em que a mãe de Harry viria a morrer, num acidente em Paris, em 1997. 

Mãe de três filhos, Samantha, de 53 anos, vive na Flórida (EUA), onde trabalhava como atriz e modelo. Em 2008, ela foi diagnosticada com esclerose múltipla e hoje se locomove em uma cadeira de rodas por causa da doença.

Samantha e o seu irmão, Thomas Jr., são frutos do primeiro casamento do diretor de cinema americano Thomas Markle, o pai de Meghan. A atriz, que está prestes a entrar para a família real, nasceu do segundo casamento de Thomas, com a assistente social Doria Loyce Ragland

De acordo com a revista americana Variety, a falastrona Samantha chegou a afirmar em entrevistas que ajudou a criar Meghan por mais de doze anos, durante o período em que todos moravam na Califórnia. Uma fonte ouvida pelo site E! News, entretanto, negou a informação, dizendo que, por causa da diferença de idade de 17 anos entre as duas, ela tiveram pouco contato ao longo da vida. Outra fonte, esta ouvida pela revista People, afirmou que as duas não se vêem há mais de uma década.

Continua após a publicidade

Samantha parece não se importar com a distância, e garante conhecer bem Meghan apesar de não ter contato com ela. Em dezembro de 2016, antes do anúncio oficial do namoro entre Harry e Meghan, a desbocada Samantha afirmou em entrevista ao tabloide britânico The Sun que a meia-irmã era uma “alpinista social”, que “sempre teve uma queda por ruivos”. A americana chegou a afirmar que a irmã tinha certa atração por Harry e pela família real desde pequena.

Um tanto instável, Samantha também já elogiou a irmã caçula em público. Em 2017, quando contou que estava preparando um livro de memórias sobre a meia-irmã em entrevista ao programa Good Morning Britain, do canal ITV, disse que Meghan era “forte, muito educada e elegante” e mandou um recado para ela: “Eu só queria falar que te amo. Estou muito contente por você. Felicidades”.  

O livro foi descrito por ela, na entrevista, com tintas grandiloquentes: “É um livro de revelações, em que vou retratar algumas das belas nuances da nossa vida”, afirmou. “O mais importante tem a ver com a revolução inter-racial deste país pelas lentes da minha vida e da minha família, desde as Leis dos Direitos Civis até o presente e como isso se intersecciona com esse recente evento com a minha irmã.”

Ainda sem data de publicação divulgada, a obra ganhou o título de The Diary of Princess Pushy’s Sister (O Diário da Princesa Ambiciosa, em tradução livre).

Em janeiro deste ano, Samantha voltou a atacar Meghan ao tabloide americano In Touch. Depois de a atriz anunciar o noivado com Harry com fotos em que aparecia com um vestido da marca Ralph & Russo, avaliado em 75.000 dólares (cerca de 240.000 reais), Samantha alfinetou: “Se ela pode gastar 75.000 dólares em um vestido, então poderia gastar 75.000 dólares com o pai”. Thomas Markle declarou falência em 2016 e atualmente vive no México. Em abril, a americana se queixou de não ter sido convidada para o casamento real através do Twitter. Por que será que Meghan não a quer por perto?

Acompanhe a cobertura in loco do casamento real no Instagram de VEJA

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês