Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
Radar Por Robson Bonin Notas exclusivas sobre política, negócios e entretenimento. Com Gustavo Maia e Mariana Muniz. Este conteúdo é exclusivo para assinantes.

Senado vota nesta quinta para derrubar decretos de armas de Bolsonaro

O senador Marcos do Val, relator dos projetos, vai recomendar a manutenção dos decretos presidenciais

Por Gustavo Maia Atualizado em 7 abr 2021, 09h50 - Publicado em 7 abr 2021, 09h30

Incluídos na pauta do Senado desta quinta-feira, projetos que visam derrubar decretos de armas do presidente Jair Bolsonaro viraram alvo de pressões dentro da Casa. Relator das propostas, o senador Marcos do Val, que é instrutor de tiro, já avisou que vai recomendar a manutenção dos decretos, editados em fevereiro. A oposição, que conseguiu marcar a votação para esta semana em reunião de líderes na segunda, está confiante que vai conseguir derrotá-lo.

Ciente das condições desfavoráveis, o senador tenta convencer o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, a retirar os projetos de pauta, e busca o apoio da base aliada do governo. Mas o líder da oposição, Randolfe Rodrigues, disse ao Radar que uma eventual retirada seria uma quebra de acordo inadmissível e que não vê chances para que isso ocorra. A pressa tem motivo: os decretos entram em vigor na próxima segunda-feira.

Leia também:

Publicidade