Blogs e Colunistas

13/03/2014

às 15:39 \ Comunismo, Cultura, Lei e ordem, Socialismo

Carta aberta a Letícia Spiller

leticia-spiller

Prezada Letícia,

Antes de mais nada, gostaria de dizer que admiro seu talento como atriz e também te considero muito bonita. Infelizmente, você tem endossado certas ideias um tanto estapafúrdias, aplaudido regimes nefastos como o cubano, e alegado que se arrepende de ter usado uma camisa com a bandeira americana no passado, chegando a afirmar que se fosse hoje usaria uma com o Che Guevara.

Ontem, sua casa no Itanhangá foi assaltada por bandidos armados, que lhe fizeram de refém enquanto sua filha dormia logo ao lado. Lamento o que você passou, pois deve ser, sem dúvida, uma experiência traumática. Nossa casa é nosso castelo, e se sentir inseguro nela é terrível, especialmente quando temos filhos menores morando com a gente. A sensação de impotência é avassaladora, e muitos chegam a decidir se mudar do país após experiências deste tipo.

O que eu gostaria, entretanto, é que você fosse capaz de fazer uma limonada desse limão, ou seja, que pudesse extrair lições importantes desse trauma que ajudassem a transformá-la em uma pessoa melhor, mais consciente dos reais problemas que nosso país enfrenta. Se isso acontecesse, então aquelas horas de profunda angústia não seriam em vão.

Como você talvez saiba, sou o autor do livro Esquerda Caviar, que fala exatamente de pessoas com seu perfil (aproveito para lhe oferecer um exemplar autografado, se assim desejar). Artistas e “intelectuais” ricos, que vivem no conforto que só o capitalismo pode oferecer, protegidos pela polícia “fascista”, mas que adoram pregar o socialismo, a tirania cubana ou tratar bandidos como vítimas da sociedade: eis o alvo da obra.

Essa campanha ideológica feita por esses artistas famosos acaba tendo influência em nossa cultura, pois, para o bem ou para o mal (quase sempre para o mal), atores e atrizes são formadores de opinião por aqui. Quando um Sean Penn, por exemplo, abraça o tiranete Maduro na Venezuela, ele empresta sua fama a um regime nefasto, ignorando todo o sofrimento do povo venezuelano. Isso é algo abjeto.

No Brasil, vários artistas de esquerda têm elogiado ditaduras socialistas, atacado a polícia, o capitalismo, as empresas que buscam lucrar mais de forma totalmente legítima, etc. Muitos chegaram a enaltecer os vagabundos mascarados dos black blocs, cuja ação já resultou na morte de um cinegrafista.

Pois bem: a impunidade é o maior convite ao crime que existe. Quando vocês tratam bandidos como vítimas da sociedade, como se fossem autômatos incapazes de escolher entre o certo e o errado, como se pobreza por si só levasse alguém a praticar uma invasão dessas que você sofreu, vocês incentivam o crime!

Pense nisso, Letícia. Gostaria de perguntar uma coisa: quando você se viu ali, impotente, com sua propriedade privada invadida, com armas apontadas para a sua cabeça, você realmente acreditou que estava diante de pobres vítimas da “sociedade”, coitadinhos sem oportunidade diferente na vida? Ou você torceu para que fossem presos e punidos por escolherem agir de forma tão covarde contra uma mãe e uma filha em sua própria casa?

Che Guevara, que você parece idolatrar por falta de conhecimento, achava que era absolutamente justo invadir propriedades como a sua. Afinal, o socialismo é isso: tirar dos que têm mais para dar aos que têm menos, como se riqueza fosse jogo de soma zero e fruto da exploração dos mais pobres. Você se enxerga como uma exploradora? Ou acha que sua bela casa é uma conquista legítima por ter trabalhado em várias novelas e levado diversão voluntária aos consumidores?

Nunca é tarde para aprender, para tomar a decisão correta. Por isso, Letícia, faço votos para que esse desespero que você deve ter sentido ontem se transforme em um chamado para uma mudança. Abandone a esquerda caviar, pois ela não presta, é hipócrita, e chega a ser cúmplice desse tipo de crime que você foi vítima. Saia das sombras do socialismo e passe a defender a propriedade privada, o império das leis, o fim da impunidade e o combate ao crime, nobre missão da polícia tão demonizada por seus colegas.

Te espero do lado de cá, o lado daqueles que não desejam apenas posar como “altruístas” com base em discurso hipócrita e sensacionalista, daqueles que focam mais nos resultados concretos das ideias do que no regozijo pessoal com as aparências de revolucionário engajado. Será bem-vinda, como tantos outros que já acordaram e tiveram a coragem de reconhecer o enorme equívoco das lutas passadas em prol do socialismo.

Um abraço,

Rodrigo Constantino

Obs: um PS foi escrito após tanta repercussão.

Deixe o seu comentário

Aprovamos comentários em que o leitor expressa suas opiniões. Comentários que contenham termos vulgares e palavrões, ofensas, dados pessoais (e-mail, telefone, RG etc.) e links externos, ou que sejam ininteligíveis, serão excluídos. Erros de português não impedirão a publicação de um comentário.

» Conheça as regras para a aprovação de comentários no site de VEJA

Envie um comentário

O seu endereço de email não será publicado

2.850 Comentários

  • Odilon Abreu

    -

    5/12/2014 às 12:39

    Conheci de perto países que na época, década de 70/80, eram comunistas, como: Alemanha Oriental, Polonia, Rússia, etc. Estive lá por força do meu trabalho, o que vi foi muita fome, privacidade, povo sem liberdades. Filas intermináveis para comprar comida nos açougues, mercados… Moradia: vi duas famílias ocupar um apartamento ou apertamento. Profissionais altamente qualificados loucos para fugir. Cansei de trocar Vodka por Pacote de café, doce em lata, etc… ele ficavam loucos de alegria. Dava prato de comida com bastante carne e eles choravam.
    Concluindo: conversava com eles e só ouvia: deixa eu me esconder nos porões do navio e ir para o Brasil. Na época eu achava o comunismo a solução e eles me diziam que só o pessoal da cúpula do partido usufruiam de tudo, não lhes faltava nada. Vi que meu país na época era uma maravilha, pena que o PT queira nos colocar no lixo. Vamos acordar e ver o que o melhor para o país.

  • Maria Apparecida Gomes Piola

    -

    24/11/2014 às 19:00

    O comentário que faço sobre o que escreveu Constantino é muito mais uma reflexão pessoal do que qualquer coisa: penso que como brasileira(o) a gente fala muito das revoluções socialistas como solução ,mas aqui o que existe são muitos corruPTos de todas as especies e lá, nos países ‘socialistas’ há muita repressão. Se eu moro aqui, e essa é a vida concreta e real que tenho para viver preciso voltar muitas vezes para o que acontece nesse querido e enorme Brasil e repensar com fortes decisões para a vida possa ser vivida por todos, na Paz. POR TODOS .

  • Pedro

    -

    3/11/2014 às 13:45

    Parabéns pela reportagem,Rodrigo!Após a implantação do socialismo bolivariano na Venezuela, os ricos foram morar nos EUA e Espanha. Os que podiam menos, foram para a Colombia onde, por enquanto, estão à salvo. Ouvi isso da boca de um Venezuelano que também avisou iríamos enfrentar as mesmas desgraças, presenciando o retrocesso, destruição da economia e eleições forjadas.

  • Janaina

    -

    20/10/2014 às 12:15

    Esses socialistas são um bando de demagogos no fim o que move todos é sem dúvida o Capital!!! acho engraçado Chico Buarque defendendo a terrorista da Dilma pergunta onde ele mora ? em que banco está seu dinheiro? Paris je t’aime

  • Laura

    -

    18/10/2014 às 20:44

    Pois é Horacio agradeça a Deus por ter vivivido bons tempos por aquí, porque o comunismo que você conheceu e ainda se lembra, já chegou na Venezuela e agora já estamos passando por ele aquí também, mas é assim mesmo o Povo aquí pensa que é brincadeira e nem está percebendo, depois quando os veículos de comunicação forem truncados e as noticias não mais chegarem aos nossos ouvidos todos pensarão que o mundo inteiro está na mesma situação e se acostumarão à miséria. Os poderosos se retirarão com destino á países democráticos, enquanto meia duzia permanecerá eternamente no Poder ditador se tornando heróis então, a quem discordar o premio é a prisão ou algo pior. Parabéns por mostrar suas verdades e esclarecer muitos fanáticos desavizados que tentam eleger esses patrulheiros ideológicos. É isso aí Rodrigo você é um Jornalista esclarecido e sabe o que acontecerá com a Imprensa, Radio, TV e Informática, num regime comunista.

  • Vilson Vieira

    -

    18/10/2014 às 19:38

    CARTA ABERTA À SOCIEDADE BRASILEIRA
    Aposentado do Fundo de Pensão Petros/Petrobras
    Olá, a todos!
    Expresso meu sentimento de repúdio, ódio, náusea, de traído e subtraído… pela gestão da Petros, cujo o co-responsável é a Petrobras, esta última por sua vez é governada pelo “desvairado PT”. Não pertenço a nenhuma filiação de partido político e nem pretendo.
    Bem, para quem não conhece um fundo de pensão privado, não é muito diferente de uma empresa privada ou estatal no que tange à política salarial de seus funcionários. O nosso, por exemplo, desde da sua fundação em 1970 assegura aos aposentados o mesmo índice de reajuste salarial que é oferecido aos funcionários da ativa (evidentemente) na sua data base em setembro, 13º salário e um plano de saúde. Outras vantagens que os ativos recebem não fazemos jus por lei. Com essa descrição de direitos adquiridos dos aposentados parece que vivemos no paraíso, pelo contrário, vivemos num pesadelo de uma política salarial discriminatória com relação aos funcionários da ativa. A Petrobrás por força do estatuto é quem autoriza à Petros a repassar “o mesmo valor de reajuste salarial dos funcionários da ativa”, repito. Na realidade a Petros repassa um valor menor (não sabemos se a Petrobrás que autoriza o repasse inferior ou se é a própria Petros). Por exemplo, se o índice de reajuste for 10%, nos oferece ( aposentados) 5% e aos ativos também 5% e mais 5% com outra nomenclatura artificial que não existe no estatuto para deixarmos de fora do reajuste integral. Isso tem sido desde o 2º ano de gestão do PT até o presente momento. Além da política salarial descriminatória, a Petrobrás tem pressionado os aposentados e os ativos a deixarem o plano de aposentadoria atual (que reajusta o salário um pouco acima da inflação) para outro plano novo denominado de plano Petros II que na prática, uma vez assinada a repactuação – processo de mudança para o novo plano – não pode reclamar na justiça a defasagem salarial que a Petrobras pratica com os aposentados. Com isso cada ano que passa nossos proventos podem zerar se não houver um reajuste consertivo na justiça – se repactuar não tem como consertar na justiça, pois assinado o novo plano perde o direito de reclamação futura na justiça. Para completar a mídia está noticiando que a Petros está também nesse rolo do PT com a Petrobrás.
    Quando éramos funcionários, assim com os atuais, nós contribuíamos muito alto para termos o salário atual paritários aos ativos. Por isso que está explicado hoje a reclamação da Petros conosco alegando que precisa reajustar a contribuição atual (os aposentados ainda contribuem e muito com a Petros), pois desse jeito ela pode não ter dinheiro no futuro para pagar os assistidos (assistidos são adjetivos que a Petros nos denomina – parece até prestação de favor). Os aposentados estão sendo lesados por uma gestão fraudulenta do PT com o dinheiro público e privado.
    Grato pela atenção do público,
    Vilson Viera

  • osmar CALIF.

    -

    30/9/2014 às 13:57

    PARABÉNS,PARABENS !!COMO MUDAR O RUMO DE UM PAÍS COM CABEÇINHAS DESSE TAMANHO,QUANDO FALTA ESCOLAS PARA MUITOS,OS PSEUDOS INTELECTOS,FAZEM TAMANHAS CACAS:(ONDE ANDAM OS DIREITOS DESUMANOS,QUE NÃO APARECEM PARA UM POUQUINHO DE SOLIDARIEDADE AOS POLICIAIS MORTOS DA U P P ).

  • cristina

    -

    30/9/2014 às 11:51

    gostei muito *-*

  • ANGELO MIQUELÃO FILHO

    -

    29/9/2014 às 9:50

    De modo muito claro e eficiente você conseguiu passar as verdades por de traz destes que se fazem comovidos com a situação, mas não abrem mão do conforto que só o capitalismo pode oferecer! Parabéns pela visão acertada.

  • vania

    -

    26/9/2014 às 14:23

    Amei e concordo plenamente chega de demagogia

  • pedro paulo

    -

    23/9/2014 às 23:39

    Parabéns pela carta.

  • Veronica

    -

    23/9/2014 às 22:55

    Meu Deus, onde estamos??? Cadê a DEMOCRACIA. As pessoas só podem falar o que a maioria quer ouvir. Quem tem todo esse poder de repreender o que pensamos, não podemos mais expressar…. Voltou a ditaDURA. Pensem bem, vão trabalhar para um país melhor, parem de cuidar da vida dos outros. Ela é uma atriz, mas em primeiro Lugar é uma pessoa.
    R: Ora, eu apenas emiti a minha opinião, como vc acaba de emitir a sua. Mas no meu caso é ditadura, e no seu não? Que piada!

  • Marcio Martins

    -

    23/9/2014 às 11:10

    Parabéns pela carta, Rodrigo. Engana-se aquele que acredita que ser de esquerda é estar do lado do povo. Erra, pois a esquerda é difamatória, caluniadora, hipócrita e mentirosa. Os governos comunistas precisam, desde sua criação até hoje, cercear meios de comunicação e controlar a educação para que se mantenham. Nenhum governo baseado em liberdade pode ter a impunidade e a manipulação como bases, e estas são as premissas da Esquerda. Mantenha a posição firme, Rodrigo! O Brasil precisa de pessoas que abram os olhos da população manipulada!

  • soninha

    -

    19/9/2014 às 11:31

    A maioria destes artistas quer mesmo é fazer pinta de socialista mas no fundo são CAPITALISTAS até a medula.Acredito que nem vale a pena perder tempo com Letícia, ela quer mesmo é aparentar ser o que não é e ficar mudando de camisa a cada mudança de estação. Ah! se ela não quiser o seu livro, eu quero, e é para ler MESMO, e divulgá-lo. abçs

  • MANU GONÇALVES

    -

    10/9/2014 às 12:22

    PARABÉNS, RODRIGO.
    COMPLETAMENTE APOIADO SEU VASTO COMENTÁRIO.
    CONCORDO COM VC…É VERGONHOSO O QUE O MEIO ARTÍSTICO ESTÁ FAZENDO EM PROL DESSA CANALHADA QUE “EUDEUZA” O COMUNISMO E SUAS VARIÁVEIS
    HAJA VISTO A IMENSA GAFE DE CARLINHOS BROW SEMANA PASSADA DURANTE SUA APRESENTAÇÃO NO BRAZILIAN DAY EM NY, ESQUECEU NOSSO HINO NACIONAL. VERGONHOSO!! ABRAÇOS. MANU GONÇALVES

  • Gilmar Santos

    -

    4/9/2014 às 17:47

    Parabenizo o sr. Rodrigo Constantino pelas conjecturas pertinentes e sábias palavras dirigidas à Sra. Leticia Spiller, que sua carta, sirva de alerta não somente ao grupo social que a Letícia pertence, mas também toda a sociedade, que sem ter conhecimento de causa, se deixa levar pela opinião da maioria e abraça movimentos como o que nossa atriz abraçou num momento de fragilidade em que esteve a prova. É preciso fazer nossos educadores mostrar ao povo quem de fato é referencia de herói a ser seguido e quem deu exemplo de bandido para que o povo não seja enganado.

  • Maria Margarete Flores

    -

    2/9/2014 às 11:09

    Valente guerreiro Rodrigo Constantino,

    Bravíssimo!

    Um forte abraço
    Margarete

  • Estela Maris

    -

    20/8/2014 às 18:44

    Não confundam o texto, ele não fala mal dos pobres, apenas separa o crime da pobreza, não é porque se é pobre, que deva ser bandido… simples assim…

  • LUIZ GABRIEL CHAVES

    -

    19/8/2014 às 14:09

    LETICIA SIGA O CONSELHO DE QUEM TE QUIZ BEM,NA INTENTONACOMUNISTA DE 32 OS COMUNAS MATAVAM A SANGUE FRIO SEUS COLEGAS DE CASERNA QUE ESTAVAM DORMINDO ISTO FOI UM FATO ELES FAZEM DE TUDO PARA CONSEGUIR SEUS INTENTOS

  • Marcio Oliveira

    -

    28/7/2014 às 21:32

    tenho dó de pessoas como a Leticia, Totalmente sem noção. Estude sobre o seu País e acontecimentos pra depois abrir a boca…..

  • João

    -

    26/7/2014 às 14:55

    kkkkkkk
    Quero fazer uma observação.
    O comentário do Sr José Ferr. Eu desconfio que ele é
    um ptista ou esses partidos esquerdistas. Ele tá
    blefando, mentindo.
    Quer relacionar o Aécio pra aquelas besteiras que
    ele escreveu.
    Os ptistas semeiam mentiras em sites e na internet
    e pessoas são pagas para defamar quem faz oposição
    ao pt.
    Abre o olho e não acredite em tudo o que lê na internet.

  • João

    -

    26/7/2014 às 14:43

    Ela foi assaltada!
    BEM FEITOOOOOO! Pra ela assim ela cai na real
    e vê que muitos brasileiros que vivem em subúrbios
    sofrem com a impunidade de bandidos defendidos por
    artistas e “intelectuais” que têm as mesmas ideias
    que ela.
    BEMMMM FEITOOOOOOOOOO!!!!

  • Horacio

    -

    14/7/2014 às 21:17

    Sou cubano de nascimento, vim pro Brasil em dezembro de 1979, com 10 anos. Desses 10 anos em Cuba, passei uns 4 anos comendo todos os dias os famigerados chicharros (ervilhas). Pois é, não tinha nada além de ervilhas, de manha de tarde e se sobrasse a noite. Esse é apenas um pequeno detalhe do lindo regime Fidelista. Che Guevara também matou muitos inocentes, basta apenas pesquisar um pouquinho e a verdade virá a tona.

  • Natalia Trausse

    -

    9/7/2014 às 13:10

    Segue um exemplo ocorrido essa semana no RJ um rapaz de classe média alta, abriga gentilmente dois menores, lhes dá cama, conforto e comida, e vejam o seu triste fim… É empurrado por um desses garotos de uma altura de 120 mts na Pedra da Gávea! E depois os Direitos Humanos aparecem na maior hipocrisia defendendo essas criaturas. Coloquem esses pequenos delinquentes pra trabalhar, já que nesse país a educação é um lixo. Façam como se faz na Bolívia, um país tão pobre e sofrido, coloca exatamente esses menores pra trabalhar e institui leis pra isso. E por favor!! Artistas antas da Globo dando opinião política em programa Trash do Faustão, pelo amor de Deus!! Tá cheio de tapados que compram essas tolices hipócritas de vocês : http://odia.ig.com.br/noticia/rio-de-janeiro/2014-07-08/policia-investiga-se-menor-de-12-anos-matou-surfista.html

  • Natalia Trausse

    -

    9/7/2014 às 12:59

    Estou ansiosa para ler seu Livro caro Rodrigo Constantino…

  • Natalia Trausse

    -

    9/7/2014 às 12:03

    Excelente!! Gente como ela precisa ter mais noção, pessoas públicas que desconhecem a história, e não têm o mínimo de consciência, vivem apenas de tendências da mídia, deveriam ficar caladas! Limitar-se somente ao que ela sabe fazer, ser atriz. Não respeito ou aceito a opinião dela e de gente como ela, se ainda fosse uma PHD em história ou ciências políticas…rsrs

  • Zenilda

    -

    9/7/2014 às 10:56

    Parabéns Rodrigo pela coragem da escrita, pq hj tdo q não é demagogo, parece q as pessoas gostam mais..a gente começa a ler os comentários e fica irritada, não sabem a diferença d tipo d governo e como nd educados xingam sem modos algum, só ai ja da pra ver o berço, poderia sim serem contrarios a sua opinião,mas poderia fazerem d forma educada como vc foi ao ir contra as atitudes d Leticia…
    Mas enfim o q esperar das msms se apoiam até o quebra quebra e dpois votam nos mesmos? O q esperar q criticam tto governo(eu tbm sou contra ao q esta) mas qdo eu vou la n estadio e vaio o time adversário, vaio a presidenta num evento q não é político eu vou cobrar o q de qm? Se nós brasileiros estamos mostrando realmente qm somos… uma pena q olhamos aoenas o cisco d olho alheio e não olho a trave n meu próprio olho…
    *)

  • Alice

    -

    25/6/2014 às 19:23

    Gente como esse senhor, José Ferr (se for esse o seu verdadeiro nome), que se julga melhor que os outros, que se julga superior… E são essas mesmas pessoas que fazem o nosso país a porcaria que está. Querido, quando todos nós morrermos, vamos todos para o mesmo lugar. É muito fácil fazer tal comentário preconceituoso contra a classe mais baixa via internet e se escondendo, pois sabe bem que se fizesse em público ganharia um processo. Meu senhor, por favor… se seu pai não lhe ensinou boas maneiras, não espalhe ódio online onde já temos tanto. Paz.

  • José Ferr

    -

    14/6/2014 às 4:24

    Esse governo do PT é uma desgraça. chega de gente pobre viajando de avião, ja nao aguento mais encontrar com essa escoria pelos aeroportos e essas ruas cheias de carros novos com essa gentinha dirigindo. O trãnsito virou um caos de vez. Minha empregada já não quer trabalhar mais por menos de 1 salário + transporte (afinal, agora é mais de 300 Us$). Saudades dos tempos em que o nosso presidente sabia falar inglês e tinha classe, e tínhamos uma economia forte e não devíamos nada ao FMI. TOMARA QUE O AÉCIO GANHE LOGO E PONHA ESSA GENTINHA NO SEU DEVIDO LUGAR.

  • Júnior

    -

    8/6/2014 às 14:53

    Mas rapaz, vc quer o que com essa carta? Ibope? Deixe a mulher com a opinião dela e vá cuidar da sua vida!

  • Juarez Torresan

    -

    28/5/2014 às 15:28

    Parabens pela sua opiniao Rodrigo. Hoje, para esta turma de esquerda que idolatram Cuba e Socialismo apenas digo: se gostam tanto vao morar em Cuba e nos deixem em paz, sem baderna e com nosssa democracia. As portas lá devem estar abertas para voces. Boa viagem e boa sorte!!

  • SANDRA M.F.L. ENKE

    -

    27/5/2014 às 16:43

    ESPETACULAR O APANHADO FEITO POR RODRIGO CONSTANTINO!AS VEZES PRECISAMOS DE UM PUXÃO DE ORELHA PARA ACORDARMOS. É MUITO FÁCIL PROPAGAR E ALARDEAR UMA DOUTRINA SOCIALISTA-COMUNISTA QUANDO NOS ENCONTRAMOS PROTEGIDOS NAS TORRES DE NOSSOS CASTELOS, SABOREANDO UM BOM CHAMPAGNE QUE O CAPITALISMO NOS PROPORCIONOU!

  • Heráclito

    -

    22/5/2014 às 23:07

    Parabéns Rodrigo pelo brilhante livro Esquerda Caviar. Essa senhora se tivesse a infelicidade de conhecer o tirano e sanguinário Che, ou se pelo menos lesse a sua biografia, certamente não abriria a boca para falar tamanha bobagem.

  • dani zalcberg

    -

    12/5/2014 às 18:52

    inacreditavel a ignorancia destes artistas,como se a profissao deles acrescentasse algo produtivo ao mundo!!
    alem de vender sensualidade barata!

  • angelo nunes

    -

    10/5/2014 às 16:31

    RODRIGO, eu não consigo entendr como alguém pode acreditar que viver em CUBA, CHINA, COREIA DO NORTE, MUNDO ISLÃO – pode ser uma vida aceitável….só os PETISTAS inescrupulosos, ladõres do mensalão, extorquidores da PETROBRAS, podem votar no zumbi DILMA, no aproveitar Lula e claro, nos safados do PMDB

  • Souza

    -

    8/5/2014 às 9:29

    Muito bem colocada a sua carta, Constantino.

  • andre brito

    -

    30/4/2014 às 1:29

    Bolsonaro vem ai, presidente do brasil!!!!!!!!!!!!!!

  • andre brito

    -

    30/4/2014 às 1:28

    parabens Rodrigo!!!!!

  • Regina

    -

    27/4/2014 às 16:17

    Trabalho a 28 anos em periferia com muitas pessoas bem pobres e podemos ver que existem várias vertentes: aqueles que acreditam em trabalho, estudo, planejamento a longo prazo(e estes invariavelmente saem da pobreza); aqueles que não estão nem aí, gastam o pouco que ganham com futilidades e não tem nem pro essencial, e ainda assim estão felizes ( afinal fazem o que querem) e a turma dos preguiçosos e ambiciosos que só querem sem nenhum esforço. E acho que muitos políticos e atores “formadoresde opinião” fomentam a idéia de que a culpa de existirem pobres e dos ricos. Ninguém vê a amostra dos países comunistas? Não vejo uma ONG que ensine a trabalhar e estudar, é só funk, capoeira , dança e o discurso da diferença social, me parece que isso é que gera violência, não a pobreza em si, fui muito pobre na infância e não me lembro de ter raiva de rico, muito caderno de resto de folha de outro caderno fiz na máquina de costura para usar no ano seguinte, e estudava só na biblioteca porque não tinha dinheiro para livros, passei em vestibular de medicina na universidade pública sem cotas nem cursinho. Só esforço e não me arrependo tento sim passar para as pessoas esta experiência. Quem estuda, trabalha e se dedica a melhorar , cresce.

  • Toninho

    -

    22/4/2014 às 16:36

    Acho engraçado , a opinião dela e a sua, não me importam.
    Se ela ou você ou outros, pensam de uma forma ou outra , também não me importam.
    Não mudara minha vida ,nem meu pensamento, podem ate coincidir e alguns pontos em outros não.

    “Posso não concordar com uma palavra do que você diz, mas defenderei até a morte o seu direito de dizê-lo” (Voltaire)

    Parece que o povo aqui não aceita, o povinho que democracia é essa ? Que não aceitam opinião dos outros e ainda quer replica , treplica, coitada dela se falar alguma coisa de novo !

    Acorda Brasil a Democracia (disfarçada) também pode ser ditadura e comunista !

  • Louis

    -

    20/4/2014 às 20:02

    Já fiz alguns comentários aqui e vou reforçar ! Quando a sociedade que trabalha se der conta da infiltração comunista (leia-se esquerda caviar) em todos os setores sociais, já será tarde demais. Conseguiram desconstruir anos de muito trabalho e conquista, é só ver a educação como está. Uma polícia fascista e um STF infiltrado por incompetentes a mando de um governo corruptos…

  • Lilia

    -

    15/4/2014 às 10:25

    Rodrigo, você tem uma visão reducionista do que é realmente o socialismo.

  • tito

    -

    15/4/2014 às 9:13

    Pego na rabiola desta de “black bloc = o Mal; polícia = o Bem”. Eu, que não sou esquerdista, antes que venham com essa tosqueira falaciosa, fui em vários protestos desde o início ano passado. Meus cabelos estão cada vez mais brancos e fui com parentes (alguns destes mulheres) e faixas. Não tenho um perfil nem um pouco violento como manifestante.

    Porém, o que eu vi foi a polícia agir como um bando de marginais, atirando gás e borracha em pessoas aleatoriamente e depois cercando-as e as pressionando cada vez mais em espaços menores. Qual a intenção de tais “agentes da lei” com este comportamento? Só pode ser de provocar violência e respostas violentas. Vi até grupo de policiais atirando gás em um grupo de PMs no Largo da Carioca. Nem viram que eram colegas de farda. Devem ter visto um grupo parado, então atacaram.

    Não foram raros os casos REGISTRADOS (fora os não registrados) de policiais atacando até pessoas que nem na manifestação estavam. Policiais ameaçando cinegrafista de morte por estar filmando (sim, ameaçou diretamente, tudo registrado), atirando dentro de casas com crianças, forjando “provas”, etc.

    Vi ali na manifestação pessoas comentando coisas como “e eu apoiei este FDP quando pediram aumento de salário! Tem é que morrer de fome!”. É a polícia, tadinha, sendo atacada pela esquerda caviar? Diga aí.

    Não me venha com essa visão maniqueísta pobre sobre manifestação x polícia (Estado, na verdade). A policia, assim como outras esferas do estado, estão tomadas por criminosos e marginais e o que tirei destas manifestações foi uma certeza maior ainda disto, assim como um maior pessimismo.

  • Márcio Antônio de Souza

    -

    14/4/2014 às 12:02

    Excelente carta a Letícia, “Tipo acorda Alice”.

  • marcelo ramos

    -

    12/4/2014 às 22:42

    Acho muito difícil ela mudar de posição, se bobear deve estar com um projeto para obter um patrocínio junto a Petrobrás, Eletrobrás ou qq do genero pela maravilhosa lei Rouanet.

  • Cynthia Merlin

    -

    11/4/2014 às 14:02

    Excelente Rodrigo Constantino! De forma educada e polida traduz o que penso!!! Parabéns!
    obs: se Letícia recusar sua oferta, agradeceria receber seu livro!!!!

  • Magally

    -

    8/4/2014 às 17:59

    Ótimo,Rodrigo.Falar que os bandidos existem por culpa do regime ,é uma impostura e uma injusiça para com os pobres.A maioria deles,não é bandido.Por quê?

  • antonio al makul

    -

    7/4/2014 às 23:13

    Rodrigo ,parabéns pelo texto ,sera que ela consegue ler e um pouco longo para ela .acorda letícia

  • Walter Siqueira Campos

    -

    7/4/2014 às 16:16

    Rodrigo Constantino sua carta mostra muito bem a “cara” oculta da esquerda hipócrita e disfarçada. Por que essas pessoas que idolatram tanto ditadores cruéis e regimes ditatoriais se dizem democratas? Engraçado quando estão de férias vão fazer compras em Miami, requentam a Disney, Paris, Balneários famosos… Não entendo como essa ideologia ultrapassada ainda leva pessoas esclarecidas e muitas vezes formadoras de opinião, tornarem-se refém, limitadas em suas opiniões e com uma visão distorcida da realidade!

  • CESARALEX

    -

    6/4/2014 às 21:23

    è a leticia tem casa para ser roubada ,no comunismo ela não teria e que tal ela começar a ser comunista agora ,doado tudo dela pra quem precisa..
    o regime cubano é tão bom q todos vivem fugindo de lá
    outra sugestão porque ela não vai pra lá.. deixando de usar bolsa de 15 mil reais qunado O brasil tem gente vivendo com menos de 200,oo reais
    tai a sugestão doe tudo e vai pra cuba
    Cesar alex

 

Serviços

 

Assinaturas



Editora Abril Copyright © Editora Abril S.A. - Todos os direitos reservados